Xanddy anuncia fim da banda Harmonia do Samba

COMPARTILHE
Por: Correio 24 Horas  Data: 15/09/2022 às 06:35
Fonte de Imagem: Divulgação

O cantor Xanddy utilizou as redes sociais para anunciar o fim da banda Harmonia do Samba, nesta quarta-feira (14). O artista disse que continuará em carreira solo, apenas como “Xanddy Harmonia”.

“Deixo claro que este não é o fim, mas, sim, o início de um novo ciclo para nós”, diz publicação. Segundo a postagem, o início de sua carreira solo acontecerá, oficialmente, a partir do dia 1º de outubro.

A publicação afirma ainda que a decisão foi pensada e amadurecida pela banda e equipe, que seguirão acompanhando o cantor, assim como o diretor musical Mestre Bimba. Todas as postagens da conta oficial do grupo no Instagram já foram deletadas.

No stories, Xanddy diz que a decisão foi estratégica e acordada com todos, e que os projetos atuais continuarão em curso. “Harmonia do Samba jamais deixará de ser Harmonia, eu sou Harmonia pra sempre e jamais deixarei o legado ser esquecido”, diz o cantor.

Xanddy reitera também que os compromissos que ainda estão agendados com a “Harmonia do Samba” serão cumpridos. Entre eles, conforme o Blog do Marrom, o cantor comanda a sequência de lançamentos do projeto Good Vibes, projeto audiovisual gravado em agosto de 2022.

Serão oito músicas inéditas a serem disponibilizadas nos canais oficiais de Youtube e Plataformas Streamings para serem trabalhadas até o verão 2023.

Para o verão 2023, Xanddy Harmonia faz retomada dos ensaios de verão “A Melhor Segunda Feira do Mundo”, que este ano irá celebrar 20 anos de trajetória. Para comemorar as duas décadas do projeto, o cantor programou a estreia da temporada 2023, para o dia 9 de janeiro, na Arena Fonte Nova.

Harmonia
O grupo teve a sua primeira formação no ano de 1993, em Salvador. Xanddy, porém, entrou na banda em 1995. Três anos depois, assinaram com a Abril Music e, em 1999, foi lançado o primeiro álbum, intitulado pelo próprio nome do grupo. A partir daí, surgiram os sucessos como “Vem Neném”, “Agachadinho” e “Elevador”.