Veja os números atualizados do Coronavírus em Alagoas neste domingo, 16

COMPARTILHE
Por: Ascom SESAU/AL  Data: 16/08/2020 às 20:03
Fonte de Imagem: Thomas Imo/Photothek via Getty Images

O Boletim Epidemiológico deste domingo (16) confirma mais 658 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 72.734 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 4.603 estão em isolamento domiciliar e 175 internados em leitos públicos e privados. Outros 66.201 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 1.017 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 11 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.753 óbitos por Covid-19.

Mais 11 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Quatro vítimas eram residentes em Maceió, sendo três mulheres e um homem. A mulher de 54 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu na Santa Casa Maceió; a vítima de 103 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Metropolitano; e a mulher de 72 anos era hipertensa e faleceu na Santa Casa Maceió. O homem de 83 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Metropolitano.

A Covid-19 vitimou mais sete pessoas que moravam no interior do Estado, sendo cinco homens e duas mulheres. O homem de 64 anos, de Palmeira dos Índios, tinha doença respiratória crônica e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 66 anos, de Coruripe, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 60 anos, de Campo Grande, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital de Campanha de Girau do Ponciano; o homem de 77 anos, de Santana do Ipanema, não tinha registro de comorbidades e faleceu em sua residência; e o homem de 69 anos, também de Santana do Ipanema, era diabético e faleceu no Hospital Daniel Houly.

Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher de 84 anos, de Rio Largo, tinha imunossupressão e faleceu no Hospital Universitário; e a mulher de 74 anos, de Craíbas, era hipertensa e diabética e faleceu no Hospital Daniel Houly.