Vasco goleia CRB e volta à vice-liderança da Série B

COMPARTILHE
Por: Lance  Data: 29/07/2022 às 05:47
Fonte de Imagem: Daniel Ramalho/CRVG

Deu tudo certo para o Vasco. A torcida apoiou desde antes do início do jogo, o primeiro gol saiu cedo e Andrey brilhou em goleada da equipe. O volante marcou duas vezes, Raniel e Eguinaldo também fizeram os deles e o time cruz-maltino venceu o CRB, nesta quinta-feira, em São Januário, por 4 a 0. Com o resultado, o time da casa volta à segunda posição da Série B do Campeonato Brasileiro, com 38 pontos. O próximo jogo é contra a Chapecoense, neste domingo, também na Colina Histórica.

GOL CEDO
O apoio da torcida, que mais uma vez lotou São Januário, foi premiado logo com três minutos de jogo. Nene cobrou escanteio, Andrey abriu o placar de cabeça e mostrou para a torcida o novo número às costas: a histórica camisa 8. Três minutos mais tarde, Pec fez grande jogada e rolou para Nene. Mas o meia, de forma incrível, mandou o chute para fora.

Aos nove, o Cruz-Maltino gerou novo perigo com Raniel, em nova jogada de Pec, finalizada sem força pelo centroavante. O problema foram os sustos do outro lado. Rafael Longuine, com 10 minutos, chutou forte, para fora. Aos 17, foi Anselmo Ramon quem descolou uma quase bicicleta, que também passou com perigo para Thiago Rodrigues.

Andrey fez dois gols na partida (Foto: Daniel RAMALHO/CRVG)

GOL DO CRB? GOL DO VASCO!
O time visitante assustava cada vez mais. Chegou a fazer um gol quando Luciano recebeu de Anselmo Ramon driblou o goleiro e devolveu para o centroavante. O empate, contudo, foi anulado por impedimento de Anselmo Ramon na jogada. Melhor para o Vasco, que ampliou o placar aos 30 minutos. Yuri Lara roubou a bola do próprio Anselmo, avançou, tocou para Raniel, que avançou mais, limpou o zagueiro e chutou para marcar. Ainda houve tempo, aos 45 minutos, para Raul Prata obrigar o goleiro cruz-maltino a fazer uma defesa num movimento semelhante à manchete do vôlei.

O TERCEIRO GOL
A segunda etapa começou movimentada. O CRB, modificado, chegou na grande área vascaína duas vezes antes de seis minutos de jogo, mas não aproveitou, e o Cruz-Maltino foi letal. Aos sete, Yuri Lara roubou a bola no campo de ataque, ela fica com Raniel e sobra para Andrey chutar cruzado e estufar a rede. Segundo do volante no jogo. Tranquilidade mandante no placar.

FESTA DA TORCIDA
Em campo, os times se alternaram num ritmo menos intenso. O CRB fez as cinco alterações antes da metade da etapa final, enquanto o Vasco foi cozinhando o jogo. A festa da torcida começou cedo. E ainda teve tempo para o primeiro gol de Eguinaldo como profissional. Foi aos 46, com passe de Marlon Gomes. Dois jogadores do time sub-20. O jogo terminou com o técnico interino Emílio Faro com o nome cantado pela torcida.

FICHA TÉCNICA
VASCO 4 X 0 CRB


Data e hora: 28/7/2022, às 19h
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA/SP)
Público pagante: 18.783 pessoas
Público presente: 19.997 pessoas
Renda: R$ 484.920,00

Cartões Amarelos: Palacios (VAS); Gilvan, Reginaldo, Daniel Paulista, Yago (CRB)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Andrey, 3’/1ºT (1-0); Raniel, 30’/2ºT (2-0); Andrey, 7’/2ºT (3-0) e Eguinaldo, 46’/2ºT (4-0)

VASCO: Thiago Rodrigues, Léo Matos, Quintero, Anderson Conceição e Edimar (Luiz Henrique, 43’/2ºT); Yuri Lara, Andrey e Nene (Palacios, 27’/2ºT); Figueiredo (Marlon Gomes, 36’/2ºT), Raniel (Eguinaldo, 27’/2ºT) e Gabriel Pec (MT, 43’/2ºT) – Técnico: Emílio Faro.

CRB: Diogo Silva, Reginaldo, Wellington Carvalho, Gilvan (Diego Ivo, 8’/2ºT) e Raul Praia; Yago, Wallace (Uillian Correia, Intervalo) e Rafael Longuine (David Brall, 23’/2ºT); Fabinho, Anselmo Ramon (Gabriel Conceição, 23’/2ºT) e Emerson (Paulinho Mocelin, Intervalo) – Técnico: Daniel Paulista.