Trabalhador rural é preso matar a mulher estrangulada

COMPARTILHE
Por: Ascom PC/AL  Data: 19/07/2021 às 14:06
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo

Policiais civis do 115º Distrito Policial de São José da Laje, comandados pelo delegado Claudemiltkson Benemarcan, prenderam na sexta-feira (16) um trabalhador rural, de 22 anos, acusado de estrangular a companheira de nome Edilma, no último dia 3.

O chefe de operação da distrital, Edno Gumão, informou que o suspeito teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da Comarca local, José Alberto Ramos, e foi localizado no bairro Guaxuma, em Maceió, para onde fugiu, após a prática do feminicídio.

Ao ser interrogado, o trabalhador rural confessou todos os detalhes do crime. Ele disse que no dia do fato o casal se dirigiu à cidade de União dos Palmares, onde mora sua mãe.

Os dois foram a uma farmácia onde encontraram uma comadre, e Edilma foi convidada a fazer uma faxina na casa dela.

O acusado disse que foi para a casa da mãe, ainda cedo, e somente por volta das 16 horas observou a vítima bebendo numa esquina com alguns homens.

Depois de muita conversa, conforme seu interrogatório, ele conseguiu convencer a mulher a ir para a casa da sogra, e o casal acabou retornando para São José da Laje. Ali, Edilma teria continuado a bebedeira e os dois tiveram uma discussão e luta corporal, ocasião em que o acusado apertou o pescoça da vítima com força, e ela acabou morrendo.

O acusado conta ainda que deixou o corpo na casa deles e fugiu, primeiro para Laje e, depois, para Maceió, onde acabou preso. De acordo com o chefe Edno Gusmão, o chefe de operações da delegacia de Ibateguara, Leandro Marques também participou das investigações. 

Reveja o caso

Corpo de jovem de 19 anos é encontrado em estado de decomposição no interior de residência