Trabalhador poderá consultar valores do PIS/Pasep pelo Caixa Tem

COMPARTILHE
Por: Jornal Contabil  Data: 03/02/2022 às 09:00
Fonte de Imagem: EBC

O trabalhador já pode consultar através do aplicativo Caixa Tem o valor do abono salarial PIS/Pasep. A Caixa Econômica Federal (CEF) informou que, por enquanto, as consultas só poderão ser realizadas pelos trabalhadores nascidos de janeiro a junho, além daqueles dos municípios afetados pelas chuvas nos estados da Bahia e Minas Gerais. Em breve, o banco divulgará quando os demais beneficiários poderão realizar a consulta.

No entanto, através da Carteira de Trabalho Digital ou pelo telefone 158, todos os trabalhadores podem consultar o abono salarial PIS/Pasep 2022.

O benefício será pago para 23 milhões de trabalhadores, sendo que 22 milhões recebem o PIS e 1 milhão recebem o Pasep. 

Critérios para receber o PIS/Pasep

Estar cadastrado no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos;

Ter recebido até dois salários mínimos mensais em 2020

Ter trabalhado com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias (consecutivos ou não) em 2020

Ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou eSocial.

Quem não tem direito ao abono salarial Pis/Pasep

Empregados domésticos;

trabalhadores rurais empregados por pessoa física;

trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica.

Calendário PIS

Mês de nascimentoData de pagamento
Janeiro8 de fevereiro
Fevereiro10 de fevereiro
Março 15 de fevereiro
Abril17 de fevereiro
Maio22 de fevereiro
Junho24 de fevereiro
Julho15 de março
Agosto17 de março
Setembro22 de março
Outubro24 de março
Novembro29 de março
Dezembro 31 de março

Calendário Pasep

Número final de inscriçãoData de pagamento
015 de fevereiro
115 de fevereiro
217 de fevereiro
317 de fevereiro
422 de fevereiro
524 de fevereiro
615 de março
717 de março
822 de março
924 de março

O trabalhador recebe o abono salarial PIS/Pasep 2022 de acordo com os meses trabalhados em 2020. Para quem trabalhou 30 dias receberá o valor de R$ 101,00 e quem trabalhou o ano todo com carteira assinada, receberá um salário mínimo (R$ 1.212,00).