Sexta-feira 13: golpes online tendem a aumentar na data

COMPARTILHE
Por: Tech Tudo  Data: 13/05/2022 às 06:40
Fonte de Imagem: Reprodução

Nesta única sexta-feira 13 de 2022 acontece hoje. A data, conhecida como dia do azar, é uma oportunidade comum para criminosos fazerem novas vítimas de phishing. Nesta modalidade de golpe, os criminosos costumam se passar por lojas legítimas para enviar mensagens com links de promoções.

As URLs, no entanto, são fraudulentas e direcionam o usuário para páginas capazes de roubar dados pessoais e bancários ou infectar o dispositivo. De acordo com um levantamento feito pela PSafe , companhia especializada em cibersegurança, na última sexta-feira 13, em agosto de 2021, foi detectado um aumento de mais de 120% nas tentativas de golpes online.

Nas semana do dia 1° ao 7° de agosto, a empresa detectou e bloqueou mais de 190 mil tentativas de phishing. O CEO da Pfsafe, Marco DeMello, ressalta que o ideal é manter a ciberproteção em dia durante o ano todo. Ataques online que sequestram dados e contatam clientes estão cada vez mais comuns e podem vir de diferentes meios, como SMS, aplicativos e sites falsos. Além disso, muitas dessas mensagens contêm informações pessoais do usuário, como CPF ou nome completo, o que gera uma maior credibilidade para os golpes.

Mas usar o dia do azar para pregar peças nos usuários não é novidade. Na década de 1980, um vírus chamado sexta-feira 13 causou muita dor de cabeça entre os internautas. Programado para ser ativado quando o calendário coincidisse o dia 13 com uma sexta-feira, ele era repassado por disquetes e infectava rapidamente o computador. Com o surgimento do primeiro antivírus, o malware foi desativado.

Como se proteger
Para se proteger de golpes como esse, é fundamental ter um antivírus atualizado no computador ou celular. Além disso, é importante checar a procedência da URL antes de clicar em um link desconhecido e conferir se o site é mesmo o oficial. Outra dica valiosa é nunca fornecer seus dados pessoais em um plataformas suspeitas.