Sesau restringe visitas em hospitais do Estado em razão do aumento de casos de Covid-19

COMPARTILHE !!
Por: Ascom Sesau-AL  Data: 13/12/2022 às 16:20
Imagem: AlagoasWeb/Arq

Diante do aumento de casos de Covid-19 em Alagoas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio de portaria interna direcionada à rede pública e estadual, restringiu as visitas a pacientes internados. O documento reitera, ainda, o uso obrigatório de máscara por parte dos servidores, pacientes e acompanhantes, em todas as unidades de saúde estaduais.

As medidas preventivas, que também foram recomendadas à rede privada, já estão em vigor e visam reduzir o trânsito de pessoas nos corredores das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hospitais públicos, Clínicas da Família e hemocentros. Desse modo, conforme a portaria interna, as orientações têm o intuito de contribuir para evitar aglomerações que possam facilitar a disseminação do novo coronavírus.

O secretário de Estado de Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, pontuou que as medidas são necessárias para conter o aumento dos casos de Covid-19 em Alagoas. E ressaltou que o fluxo de atendimento estabelecido pela rede pública estadual está assegurado para todos que necessitem de atendimento.

“As restrições adotadas a partir de agora em nossas unidades de saúde visam garantir que não aconteçam contaminação e propagação do vírus entre pacientes e visitantes. Mas é sempre importante lembrar que nossos leitos hospitalares exclusivos para a Covid-19 estão equipados e as UPAs continuam aptas para receber o alagoano, realizando o primeiro atendimento”, destacou Gustavo Pontes de Miranda.

Leitos
Diante desta realidade, nos últimos 12 dias a Sesau abriu mais de 60 leitos exclusivos para o tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19. Ao todo, foram abertos mais 40 leitos clínicos, passando de 122 para 162, e mais 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), subindo de 36 para 56 leitos.