Servidor público que mantinha plantação doméstica de maconha é detido pela Polícia Civil em Alagoas

COMPARTILHE
Por: Com PC/AL  Data: 10/08/2021 às 13:22
Fonte de Imagem: PC/AL

Uma investigação da Delegacia do Pilar levou os policiais civis a encontrarem uma plantação doméstica com alguns pés de maconha em uma residência no bairro Pernambuco Novo, em Pilar. A droga era cultivada em estufas artesanais para crescerem mais rápido e com melhor qualidade por um servidor público de 31 anos.

“A engenhosidade das estufas e o cuidado no cultivo da droga chamou a atenção dos policiais. O plantador usava adubos, lâmpadas, tudo para garantir um bom cultivo”, revelou o delegado do Pilar, Sidney Tenório, destacando que os policiais chegaram até o imóvel após alguns dias de investigação.

Ao ser interrogado, o servidor público afirmou que pesquisou bastante para fazer as estufas artesanais e cultivar as plantas. “Eu já cheguei a ser confundido pela polícia como suposto traficante ao ser flagrado em bocas de fumo. Por isso, decidi plantar minha própria maconha e pesquisei para isso. Preferi o risco de ser preso como usuário a ser preso ou até morto numa biqueira”, alegou.

Segundo o delegado, como a plantação era doméstica e não havia indícios de que o servidor comercializava a maconha plantada, foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por porte de drogas para consumo próprio e o homem vai responder ao processo em liberdade.

Já a plantação será encaminhada para a perícia e posteriormente destruída.