Samu registra mais de 5.600 ocorrências no mês de julho em Alagoas

COMPARTILHE
Por: Ascom Samu/AL  Data: 09/08/2021 às 17:11
Fonte de Imagem: AlagoasWeb

As equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Alagoas continuam a salvar vidas diariamente. Como prova disso, o Samu Alagoas registrou, em julho (2021), 5.671 chamados, tendo atendido de forma pré-hospitalar 3.755 destes e outros 1.916 via telemedicina.

As ocorrências mais comuns recebidas pelo Samu Alagoas foram os pacientes suspeitos ou confirmados com a Covid-19, 611 casos, e acidentes de trânsito, com 574 atendimentos realizados em todo o Estado. Outras motivações comuns são quedas e mal estar, com 257 e 256 atendimentos respectivamente; casos psiquiátricos agressivos, com 235 casos; convulsões, com 147 casos; e quadros de desmaio, com 127 casos; entre outras.

De acordo com o Núcleo de Estatísticas do Samu Alagoas, as cidades de Maceió e Arapiraca foram as que mais receberam atendimentos pré-hospitalar móvel, com 41% e 19%, respectivamente. Ainda durante o mês de julho, o Samu Aeromédico foi utilizado 17 vezes.

Apesar dos altos números de atendimentos do Samu Alagoas, os trotes seguem representando uma alta parcela das ligações recebidas pelo serviço. No último mês, foram 5.983 trotes detectados, superando até mesmo o número de casos reais atendidos.

Para a médica e supervisora geral do Samu Alagoas, Josileide Costa, esta atitude prejudica quem realmente precisa de socorro. “Enquanto estamos ocupados ouvindo um paciente falso, um paciente real pode estar aguardando na fila e, esse tempo de resposta, pode fazer toda diferença”, alerta a supervisora.

Quando acionar o Samu – O Samu Alagoas funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, e pode ser acionado através de ligação gratuita, pelo número 192. O serviço atua em ocorrências com vítimas de acidentes de trânsito, quedas da própria altura, ferimentos por arma branca e por arma de fogo, quedas de altura, afogamentos e queimaduras.

O serviço também pode ser acionado para atender casos obstétricos e casos clínicos, como suspeitas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), além de pacientes de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. Por meio do telefone 192 também é possível solicitar assistência para pacientes em surto psiquiátrico.