Rastro: Operação prende nove pessoas por vários crimes em Alagoas

COMPARTILHE
Por: Ascom SSP/AL  Data: 24/08/2022 às 13:53
Fonte de Imagem: SSP-AL

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de Alagoas e a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) coordenam uma operação integrada, envolvendo as Polícias Civil e Militar, com o objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa que atuavam principalmente na região do Canaã, em Maceió.

Os acusados teriam envolvimento com os crimes de tráfico de drogas e comércio ilegal de armas de fogo.

De acordo com o Gaeco, os suspeitos já haviam se preparado para expandir o comércio ilegal de entorpecentes e armas para diversos outros bairros da capital, uma vez que esse mercado ilícito tem crescido consideravelmente.

Até o momento, foram identificadas 19 pessoas, todas envolvidas nos mais variados crimes, contendo inclusive indivíduos de dentro do sistema prisional e reeducandos que já haviam sido postos em liberdade.

A operação
A operação Rastro está cumprindo 19 mandados de prisão – já são nove presos até o momento – e 13 de busca e apreensão. E todos eles foram expedidos pela 17ª Vara Criminal.

O nome de Rastro foi escolhido em decorrência da organização criminosa ser extremamente cuidadosa e deixar apenas pequenos vestígios de informações, sendo necessário para a equipe de investigação seguir e analisar esses fragmentos de dados para chegar aos conjuntos de provas.

Participaram da operação policiais militares do Bope e da Rotam. Pela Policia Civil participam policiais do Tigre e da Dnarc.