PT de Lula pede uso de ‘poder de polícia’ contra Assembleia de Deus

COMPARTILHE !!
Por: Gospel Prime  Data: 17/10/2022 às 11:33
Imagem: AD/Belém

Em um claro ataque contra a Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Belém, no Pará, a Igreja-Mãe das Assembleias de Deus no Brasil, a Federação Brasil da Esperança Fé Brasil pediu a retirada da bandeira da República Federativa do Brasil do templo.

A federação reune partidos de esquerda, como o Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista do Brasil (PC do B) e Partido Verde (PV), que apresentaram a petição para a 97ª Zona Eleitoral de Belém, que teve o pedido negado pela juíza Blenda Nery Rigon Cardoso.

De acordo com o pedido, a federação afirma que a bandeira instalada na lateral do prédio do Templo Central da igreja, na esquina da avenida Governador José Malcher com a 14 de Março, no bairro de Nazaré, centro de Belém, representaria propaganda eleitoral para o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PL).

Como relata a magistrada, a federação acusa a igreja de ostentar “um símbolo nacional, a bandeira da República Federativa do Brasil, de grande dimensão, que ocupa parte da fachada da Igreja em questão, como se fosse um outdoor de enorme dimensão”.

“Indefiro a notícia de propaganda irregular vez que não vislumbro a prática de qualquer ato ofensivo à legislação eleitoral, com espeque nos termos do art. 7º, II, do Provimento CRE nº 2/2022”, decidiu na sentença a magistrada.

Na petição, os partidos pedem o uso de “poder de polícia para determinar que a direção da Assembleia de Deus a retirada imediata da enorme bandeira”, além de pedir aplicação de multa no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).