Produção de motocicletas tem alta de 37% no primeiro trimestre

COMPARTILHE
Por: Agência Brasil  Data: 12/04/2022 às 16:57
Fonte de Imagem: CNI/José Paulo Lacerda/DR

A produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus teve um crescimento de 37,8% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2021. Foram fabricadas, de janeiro a março, 327,1 mil veículos de duas rodas, segundo balanço divulgado hoje (12) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Em março, a produção de motocicletas superou em 8,4% os resultados do mesmo mês de 2021, com a fabricação de 136,5 mil unidades. Para o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, a alta neste início de ano compensa as perdas enfrentadas durante a pandemia de covid-19. “Conseguimos recuperar um pouco do que nós perdemos nos meses anteriores”, enfatizou durante a apresentação dos dados.

Apesar da melhora, Fermanian afirmou que a indústria de motos ainda busca retomar os patamares de 2011, quando chegaram a ser fabricadas mais de 2 milhões de unidades por ano. “Ainda estamos muito distante do nosso período alvo. A perspectiva é que gradualmente a gente continue avançando e chegue no patamar de 2 milhões novamente”, disse.

Segundo o presidente da Abraciclo, a indústria ainda é afetada pelos problemas logísticos causados pela pandemia. No entanto, ele acredita que este não será um entrava para a expansão do setor de motos neste ano. “Cada marca tem lidado com pequenos entraves no dia a dia. De forma geral nossa indústria tem conseguido suplantar essas dificuldades, em linhas gerais estamos conseguindo avançar bem este ano”, avaliou.

Vendas e exportações
As vendas de motos novas cresceram 33,7% no primeiro trimestre do ano em relação o período de janeiro a março de 2021, com o emplacamento de 274,6 mil unidades.

As exportações tiveram queda de 19,6% nos primeiros três meses do ano, com a venda de 10,5 mil unidades para o exterior.

Bicicletas
A produção de bicicletas teve elevação de 7,1% no primeiro trimestre de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado, o que representa a fabricação de 183 mil unidades.

De acordo com o vice-presidente de bicicletas da Abraciclo, Cyro Gazola, o setor ainda enfrenta problemas no abastecimento de peças e componentes causando pela pandemia. Porém, a perspectiva é de que seja possível alcançar uma produção 17% maior do que a de 2021.