PRF prende dupla com documentos falsos que seriam usados para aposentadoria

COMPARTILHE
Por: Array / Ascom PRF/AL  Data: 28/01/2019 às 16:15
Fonte de Imagem: Cortesia PRF/AL

Ambos pretendiam aplicar golpe ao INSS para conseguir benefícios por invalidez

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite do último domingo (27) dois homens por crime de documentação falsa e estelionato. O flagrante ocorreu durante fiscalização no Km 36 da BR 101, município de Joaquim Gomes.

Agentes do Núcleo de Operações Especiais (NOE) abordaram o veículo Fox, placa de Salvador, com dois ocupantes que disseram estar indo a Recife. Durante os procedimentos de fiscalização aos documentos pessoais de ambos, foi observado que os homens apresentavam nervosismo e não demonstravam firmeza sobre o motivo pelo qual iriam a Recife, ações que levantaram suspeitas dos policiais.

Quando questionados pelos agentes, o passageiro acabou confessando que a documentação apresentada era falsa, estando a verdadeira escondida na sola de seu sapato. Ao realizarem uma busca minuciosa no interior do veículo, os policiais encontraram mais material falsificado: um RG de Recife, um Cartão Nacional de Saúde (CNS), certidões de nascimento, cartões de banco e crédito, requerimentos de benefício por incapacidade e relatórios médicos.

Indagados novamente sobre o motivo da viagem, os homens confessaram que estavam indo a Recife encontrar dois indivíduos que os levariam para o INSS a fim de realizar a perícia médica para obter de forma fraudulenta o beneficio por invalidez. Diante das evidências dos crimes de uso de documento falso e estelionato, os agentes deram voz de prisão e os encaminharam à delegacia de Polícia Civil de Novo Lino/AL, com todos os documentos apreendidos, para procedimentos cabíveis.