PRF inicia hoje Operação Rodovida 2019/2020

COMPARTILHE
Por: Array / Ascom PRF/AL  Data: 20/12/2019 às 17:35
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo

Esta será a nona edição da ação, que integra esforços de vários órgãos públicos da União, Estados e Municípios com foco na redução de acidentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta sexta-feira (20), em todo o Brasil, a nona edição da Operação Integrada Rodovida. A iniciativa visa reduzir a violência no trânsito em um período marcado pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais, em função das férias escolares e das festas de Natal, Ano Novo e Carnaval.

As atividades são integradas entre as forças de segurança pública federal, estadual e municipal, nos trechos mais críticos de acidentalidade do país. Serão priorizadas ações de fiscalização e de prevenção, voltadas para as condutas de risco dos condutores, como a embriaguez ao volante, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, não uso do cinto de segurança, transporte inadequado de crianças, falta do capacete e uso do telefone celular ao volante.

Em Alagoas, as oito BRs que cortam o estado receberão um patrulhamento ostensivo mais concentrado durante o período. O órgão percebeu que nos últimos trinta dias o flagrante de condutores embriagados no estado mais do que dobrou. Por conta disso o etilômetro será usado com maior frequência nas abordagens policiais.

Rodovida
A Operação Integrada Rodovida tem como principal objetivo reduzir a quantidade de acidentes graves nas vias públicas e o consequente custo social, através da integração entre os órgãos de trânsito de todo o país. A Rodovida integra, também, o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes, criado em 2011, pela Organização das Nações Unidas (ONU). A meta prioritária desse pacto é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito.

A operação é uma iniciativa do governo federal, capitaneada pelos Ministérios da Segurança Pública, Justiça, Cidades, Saúde, Transportes, Portos e Aviação Civil, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Polícias Militares (PMs), Polícias Civis, Guardas Municipais, Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU), Corpo de Bombeiros, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs), Departamentos de Estradas e Rodagem (DERs), Secretarias Municipais de Trânsito, Ministério Público, Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e SEST/SENAT.