Prefeito acusado na morte de corretor de imóveis e flagrado com arma e cocaína permanece preso

COMPARTILHE
Por: Array / AlagoasWeb  Data: 23/12/2019 às 18:05
Fonte de Imagem: Reprodução

Na casa de Leopoldo a Polícia Civil encontrou 1kg de drogas avaliada em R$ 50 mil

O prefeito do município de Maribondo, Leopoldo César Amorim Pedrosa, deve permanecer preso, a informou foi confirmada a reportagem do AlagoasWeb pelo delegado João Marcello, titular da 6ª Delegacia Regional de São Miguel dos Campos, que na sexta (20), prendeu o político em um bar na cidade de Arapiraca.

Reveja: Prefeito de Maribondo é preso por crime de homicídio em São Miguel dos Campos

De acordo com o delegado, por decisão da juíza plantonista da 1ª Vara Criminal de Arapiraca, a prisão de Leopoldo Pedrosa, por tráfico de drogas, foi convertida em preventiva, “pelo crime de porte ilegal de arma de fogo foi arbitrada fiança no valor de 10 salários mínimos”, esclareceu Marcello.

Delegado João Marcello Almeida, titular da 6ª DRP

Também pela morte do corretor de imóveis Gerson Gomes Vieira, homicídio ocorrido em junho de 2015, o político deve permanecer preso, segundo informou o delegado. Leopoldo Pedrosa está detido na Central de Flagrante, em Maceió.

Droga e arma apreendida com o politico