Porque os futebolistas da Premier League não gostam de sair da Inglaterra?

COMPARTILHE
Por: Array / Divulgação  Data: 18/01/2019 às 16:40
Fonte de Imagem: Reprodução

Será que eles já estão na melhor liga do mundo e por isso eles não se movem? O que está claro é que há muito poucos jogadores da Premier League da Inglaterra que vêm para a Europa continental e, especificamente, para a Espanha. Enquanto os futebolistas espanhóis decidem muitas vezes tentar a sorte em outras ligas, quase podemos contar com os dedos dos ingleses que decidem pelos clubes de La Liga. Consulte em fscores o último do futebol.

Segundo a análise feita por The Guardian, os futebolistas ingleses que se mudam para o continente, tendem a ser muito estrelas ou garotos encrenqueiros.

Poucos jogadores ingleses são capazes de deixar sua prestigiada Premier League para se mostrarem em La Liga. Por quê?

As razões para essa relutância em chutar a bola no campeonato espanhol não são claras. Muitos jogadores ingleses consideram sua liga a melhor do mundo, por isso que não lhes parece necessário sair daí e jogar em outras ligas. Além disso, lembramos que eles nasceram no país que deu origem ao futebol, então porquê buscar outros horizontes. No entanto, os jogadores que riscam e mudam para Espanha, acabam brilhando nos campos locais. Basta mencionar Steve McManaman, Jonathan Woodgate, Michael Owen, Jermaine Pennant e, naturalmente, o astro galáctico David Beckham, para ouvir os gritos da torcida espanhola comemorando seus goles.

Entretanto, nesta temporada o Campeonato inglês terá 37 espanhóis após dez contratações

A nacionalidade espanhola é a segunda com mais representação na Premier League da Inglaterra. Uma competição bastante fechada e conservadora, que sempre destacou pelo seu compromisso com os futebolistas locais, no entanto, nos últimos anos tem sido alimentada por bastantes jogadores espanhóis. Para a temporada 2018/2019, a Premier terá 37 jogadores espanhóis. Veja em https://fscore.br.com/live os resultados dos jogos.

A Espanha se repete como país estrangeiro com mais representações e o faz à frente da França, com 33 jogadores, uma representação surpreendente da Irlanda, e também da Bélgica, com 22 jogadores, ou o Brasil, que contribui com 21 nacionais para a liga inglesa. No entanto, a Espanha não atingiu o recorde de jogadores espanhóis disputando a Premier League, que está registrada na temporada 2015/2016 e na seguinte, 2016/2017 com 38 espanhóis disputando a liga inglesa.