PM prende idosa de 83 anos suspeita de matar namorado de 17 anos que ameaçava a neta

COMPARTILHE !!
Por: Estado de Minas  Data: 30/12/2022 às 12:09
Imagem: shutterstock

Um adolescente, de 17 anos, foi morto no Bairro Dom Bosco, em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, no início da noite da terça-feira (27/12). Por causa da morte do garoto, duas pessoas foram presas: uma idosa, de 83 anos, e um rapaz, de 22 anos.

O boletim de ocorrência do caso, registrado pela Polícia Militar, narra duas histórias bem diferentes e que levaram à prisões.

De acordo com o registro da ocorrência, a vítima, de 17 anos, namorava uma menina, de 18 anos, há cerca de dois meses. No entanto, nos últimos dias eles brigaram, com a garota abrindo um B.O. contra ele por ameaça.

Segundo os familiares da menina, no final da tarde dessa terça-feira, o adolescente foi até a casa dela muito agressivo e alterado. Ele arremessou pedras na janela da casa e disse que queria que ela devolvesse os pertences dele que estavam lá. 

A garota, com medo, pediu para que o cunhado, de 22 anos, fosse entregar os pertences. Segundo o relato que está no boletim de ocorrência, quando o cunhado foi entregar os objetos, o adolescente sacou uma faca e eles começaram uma luta corporal. Os dois foram ao chão e a vítima não levantou mais. 

Os familiares da jovem relataram no B.O. que a vítima tinha usado loló e que, durante a briga, ele poderia ter tido um mal súbito por causa da droga e morrido. 

Essa versão foi confirmada pela namorada da vítima, além do pai dela, cunhado, irmã e avó da garota. 

Outra versão
Outro relato que consta no boletim de ocorrência é de uma vizinha da casa onde ocorreram os fatos, que abordou os policiais militares quando eles estavam indo embora. Segundo a mulher, que disse ter presenciado toda a cena, a história era diferente da contada pela família da namorada da vítima. 

A vizinha disse que o adolescente chegou na casa da namorada tranquilo, sem nenhum traço de agressividade ou aparentando estar sob efeito de narcóticos. Ele teria chamado a garota e pedido para ela devolver os pertences dele. Em seguida, pediu para que ela chamasse um carro de aplicativo para ele voltar para casa.  

Ainda de acordo com a vizinha, neste momento a avó da garota saiu de casa com um pedaço de pau e começou a agredir o adolescente. Na sequência, o cunhado da garota começou a brigar com a vítima, até que ele caiu desmaiado, sem vida. 

Os policiais militares registraram que não encontraram o pedaço de pau que a idosa teria usado para agredir o adolescente. Os dois negaram ter começado as agressões. 

Diante desse testemunho, os policiais militares deram voz de prisão para a idosa e para o rapaz. Ambos foram levados para a delegacia de Juiz de Fora. 

De acordo com a Polícia Civil, o “caso foi encaminhado para a Delegacia de Plantão, onde a autoridade policial está realizando os procedimentos necessários. Posteriormente deve ser encaminhado para a 2ª Delegacia, onde deve ser apurado”.

Questionada pela reportagem sobre o destino dos dois detidos, a Polícia Civil não respondeu se eles foram encaminhados para o presídio ou colocados em liberdade.