PM dispara acidentalmente e mata colega de farda em saída de casa de show

COMPARTILHE !!
Por: Noticia ao Minuto  Data: 06/11/2022 às 08:23
Imagem: Reprodução

Um policial militar morreu depois de ser atingido por um colega de farda na madrugada do sábado, dia 5, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. O disparo ocorreu dentro de uma casa de shows, quando os dois agentes estavam de folga.

Douglas Silva teria sido atingido pelo colega Michel Dutra, que foi preso em flagrante e prestou depoimento à Polícia Civil. A ocorrência foi registrada na 16ª Delegacia de Polícia, da Barra da Tijuca, como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A Polícia Militar informou que a Corregedoria da Corporação abriu um “procedimento apuratório” para investigar a morte de Silva. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), que acompanha as investigações.

Morte em assalto – A PM lamentou, ainda, a morte do cabo Fábio Alves de Almeida, de 35 anos, em uma tentativa de assalto também na madrugada deste sábado (5), na Praça da Bandeira, zona norte do Rio.

Almeida estava de folga quando passava pelo Viaduto dos Marinheiros e teria reagido à abordagem de criminosos. Segundo a Polícia Militar, houve troca de tiros e, um homem, identificado como Wagner Silva Souza, morreu baleado no local do confronto. O policial foi ferido por um tiro na cabeça. Ele foi levado ao Hospital Central da Corporação, no bairro do Estácio, na região central do Rio, mas não resistiu aos ferimentos.

Uma equipe do 4° Batalhão da Polícia Militar, de São Cristóvão, foi acionada para a ocorrência. Almeida estava na corporação desde 2011 e era lotado na Coordenadoria do Programa Estadual de Integração na Segurança. Ele deixa mulher e um filho de três anos.

A Delegacia de Homicídios da Capital investiga o caso. Agentes fizeram a perícia no local e conduzem investigações para esclarecer o crime.

O sepultamento do cabo Fábio Alves de Almeida será realizado neste domingo (6), às 13h30, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, zona oeste da capital fluminense.