Pastor renuncia presidência de convenção evangélica após receber duras criticas por apoiar Lula

COMPARTILHE
Por: Metropole  Data: 16/09/2022 às 12:38
Fonte de Imagem: Reprodução

Presidente da Convenção Batista Carioca, o pastor Sérgio Dusilek renunciou após anunciar apoio a Lula e ser criticado por evangélicos. Em carta divulgada nesta quarta-feira (14/9), Dusilek afirma que renunciou em caráter irrevogável para “pacificar” a convenção.

O pastor diz que não esperava condenação de seus pares, uma vez que, quando declarou apoio a Lula em evento com o petista, em São Gonçalo, no último dia 9, falou em caráter pessoal e não em nome da Convenção Batista Carioca.

“Estava em um clube, em um evento político, com cidadãos e cidadãs de variados matizes de fé e ideologias (…) Por isso, me parece fácil concluir que o problema nunca esteve em ser apresentado como Presidente da CBC, e muito menos no conteúdo da minha fala como cidadão, e sim para quem eu falei”.

E completou: “Digo isto porque ao longo dos últimos doze anos, de maneira geral, os batista convencionais não condenaram pronunciamentos contra alguns partidos políticos e seus quadros. Antes permitiram acenos ao espectro político mais à direita, tolerando inclusive a fala presidencial em Assembleia. Tampouco condenaram o apoio de líderes denominacionais a candidatos”.