Pai que matou os 4 filhos afirma que queria se vingar da ex, diz polícia

COMPARTILHE !!
Por: Correio 24 Horas  Data: 15/12/2022 às 09:30
Imagem: Reprodução

O pai suspeito de matar os quatro filhos em Alvorada, na Grande Porto Alegre, afirmou a policiais militares que queria se vingar da ex-companheira. David Silva Lemos, 29 anos, tinha guarda compartilhada das crianças com a mãe delas.

David foi preso em flagrante em um hotel de Porto Alegre, onde estava desde a segunda, dia 12, dia do crime.

Já na delegacia, segundo o Uol, o suspeito preferiu não prestar depoimento. Informalmente, ele contou que deu uma espécie de chá calmante aos quatro filhos, para que dormissem, e depois os atacou.

As três meninas, de 3, 6 e 12 anos, foram asfixiadas e esfaquedas. O menino, que tinha 8 anos, foi asfixiado. O crime aconteceu na asa em que Davi morava com a avó das crianças, que não estava no local.

A polícia diz que David não aceitava a separação da mulher, com quem tinha brigas constantes. Ele resolveu usar as crianças como uma maneira de atingir a mulher. No fim de semana, os filhos foram ficar com o pai, mas na segunda a mãe não conseguiu entrar em contato com David nem com os filhos.

Ao saber da morte dos quatro filhos, a mãe precisou de atendimento médico.

Em meio às várias brigas dos dois, um caso de agressão de David virou boletim de ocorrência. No dia 25 de setembro, a mãe das crianças pediu uma medida protetiva dizendo que ele tinha usado uma faca para ameaçá-la, além de tê-la arrastado pelos cabelos. Vizinhos conseguiram imobilizar David. 

Depois de 11 anos juntos, os dois estavam separados desde agosto, mas em setembro ainda estavam vivendo juntos enquanto buscavam um novo arranjo familiar e para que David ajudasse com as crianças. 

David será encaminhado ao sistema prisional e será representado pela Defensoria Pública.