Pai é condenado a 72 anos de prisão por enterrar filho no concreto

COMPARTILHE
Por: Uol  Data: 01/03/2020 às 08:36
Fonte de Imagem: KDVR TV/Polícia de Denver

Um homem foi condenado a 72 anos de prisão ontem no Colorado, Estados Unidos, por conta de seu papel na morte do próprio filho de 7 anos, encontrado morto em um bloco de concreto.

Leland Pankey, 40 anos, foi condenado à pena máxima. Contudo, os promotores desistiram de acusá-lo de assassinato porque os peritos não conseguiram determinar a causa da morte da criança.

O corpo de Caden McWilliams foi encontrado em dezembro de 2018, mas as autoridades acreditam que o menino morreu em julho do mesmo ano.

Segundo a polícia a criança sofria abuso infantil do pai e da mãe, Elisha Pankey que será julgada em abril.