Padre católico morre queimado em residência paroquial na Nigéria

COMPARTILHE !!
Por: iG  Data: 15/01/2023 às 18:47
Imagem: Reprodução Twitter

Um grupo de criminosos atacou e incendiou a residência paroquial da igreja de São Pedro e São Paulo em Kafin-Koro, na região nigeriana de Paikoro, e o padre Issac Achi morreu no incêndio, informa o portal católico Vatican News neste domingo (15).

Os bandidos ainda feriram outro religioso, o padre Collins Omeh, com um tiro nas costas enquanto ele tentava fugir.

Conforme as autoridades locais, a ação criminosa ocorreu por volta das 3h (hora local). Segundo o porta-voz da polícia do Estado, Wasiu Abiodun, “os criminosos tentaram invadir a residência, mas não conseguiram, e atearam fogo na casa, com o padre morrendo carbonizado”. Os bandidos fugiram antes da chegada dos agentes.

O comissário da Polícia do Comando do Estado, Ogundele Ayodeji, enviou uma equipe de policiais para reforçar a segurança da igreja e “estão em andamento as buscas para prender os autores”.

Essa não é a primeira vez que um ato violento é cometido contra membros de religiões cristãs na Nigéria e, geralmente, esses ataques são perpetrados por milícias extremistas islâmicas que atuam na região.

Itália – O ministro das Relações Exteriores da Itália, Antonio Tajani, condenou o atentado contra os padres católicos.

“Um ataque covarde e desumano. Exprimo as minhas mais sentidas condolências aos fiéis, agradecendo a rápida resposta das forças de ordem. Desejo que as instituições entreguem o quanto antes os responsáveis à justiça, afrontem as causas profundas desse ato criminoso e reforcem as medidas para a proteção dos cristãos nigerianos”, afirmou o chanceler.

Para Tajani, “atingir locais de culto, símbolos religiosos e as pessoas que têm suas crenças significa violar um dos principais e fundamentais direitos humanos, o de professar livremente a sua fé”.