O tamanho do buraco

COMPARTILHE !!
Por: Array / AlagoasWeb  Data: 19/03/2019 às 14:10
Imagem: Jornal O Globo

Apesar da frustração causada pela reta final do último Brasileirão, o torcedor do São Paulo se despediu de 2018 com as esperanças renovadas, fruto do anúncio do retorno do meia Hernanes e da chegada do atacante Pablo, vindo do Athletico e desejado por vários clubes da Série A.

Em uma tacada só, as contratações de um ídolo e de um dos principais jogadores da temporada. O mercado agressivo do Tricolor continuou na virada do ano, com atletas menos expressivos e outros que levantavam dúvidas, como o goleiro Tiago Volpi. Em menos de três meses, o castelo desmoronou.

Houve queda na Libertadores, troca no comando técnico, forte oposição ao presidente Leco, protestos de torcedores e derrotas em todos os clássicos do Paulistão. E, no meio deste furacão, a dependência de Hernanes ficou cada vez maior.

 Ontem, o clube confirmou que a lesão na coxa esquerda sofrida contra o Palmeiras deixará o jogador fora da partida decisiva contra o São Caetano, que definirá se o São Paulo vai ao mata-mata ou se ficará 40 dias sem jogos.

A reação da torcida nas redes sociais mostra o tamanho do drama atual. Hernanes era visto como fundamental para o Tricolor bater o segundo pior time do Estadual, o que coloca em xeque todo o planejamento na montagem de um elenco cada vez menos confiante e com rachas internos. O peso da ausência do Profeta diz muito sobre o tamanho do buraco que o São Paulo se enfiou.