Nó nas tripas, o que é? Sintomas, causas e tratamentos

Um nó nas tripas, também chamado de volvo ou vólvulo é a torção de uma alça do intestino

COMPARTILHE
Por: Segredos do Mundo  Data: 14/12/2020 às 14:45
Fonte de Imagem: Pinterest
Um nó nas tripas, também chamado de volvo ou vólvulo é a torção de uma alça do intestino

Um nó no intestino ou volvo, como é chamado, ocorre quando parte do cólon ou do intestino se torce. Para esclarecer, essa torção causa obstruções intestinais que podem interromper a circulação de sangue. Como resultado, acontece uma obstrução intestinal em alça fechada. Além disso, o intestino afetado pode se tornar isquêmico devido a um suprimento sanguíneo comprometido, levando rapidamente à necrose intestinal e perfuração.

Por outro lado, o nó nas tripas também podem ocorrer no estômago, intestino delgado e cólon transverso, mas estes casos são muito mais raros. Além disso, o volvo pode ser causado por má rotação ou por outras condições médicas, como cólon aumentado; Doença de Hirschsprung, entre outras que você verá abaixo.

Causas do nó nas tripas

Em bebês, o vólvulo do intestino delgado geralmente ocorre devido à má rotação. Dessa forma, a má rotação ocorre quando um problema com a forma como os intestinos se formam faz com que eles se acomodem no local errado do abdômen. Isso pode fazer com que os intestinos fiquem bloqueados. Já em adultos, as causas do nó nas tripas incluem:

  • Gravidez
  • Câncer de cólon
  • Aderências abdominais que se desenvolvem após cirurgia, lesão ou infecção
  • Doenças do intestino grosso, como a doença de Hirschsprung
  • Cólon aumentado ou que não está ligado à parede abdominal
  • Constipação crônica
Fatores de risco

Os fatores de risco mais comuns para o desenvolvimento de vólvulo são:

  • Idade avançada
  • Transtornos neuropsiquiátricos
  • Constipação crônica ou uso excessivo de laxante
  • Homens são mais acometidos que mulheres
  • Operações abdominais
Sintomas de nó no intestino

Os sintomas de volvo ou nó nas tripas podem ser graves e ocorrer repentinamente. Os sintomas podem incluir:

  • Cólica ou dor abdominal intensa
  • Fezes com sangue
  • Constipação
  • Náusea e vômitos
  • Diarreia

Dessa forma, pessoas com qualquer um desses sintomas devem ser avaliadas imediatamente por um profissional de saúde. Outros sintomas podem se desenvolver mais lentamente, mas pioram com o tempo, como constipação, retenção de gases e edema abdominal.

Diagnóstico e tratamento de nó nas tripas

O diagnóstico imediato de volvo pode ajudar a levar a um tratamento bem-sucedido e a melhores resultados. Ou seja, se você apresentar algum sinal ou sintoma de nó no intestino, o médico fará um exame físico e perguntará sobre seu histórico de saúde. Eles geralmente solicitarão outros testes, como por exemplo:

  • Exame de sangue
  • Exame de fezes
  • Raio X do abdômen
  • Tomografia computadorizada
  • Sigmoidoscopia flexível

Todavia, o tratamento do volvo precisa ser imediato e geralmente requer cirurgia. Durante a cirurgia para corrigir um nó nas tripas, em primeiro lugar o médico fará uma pequena incisão na parede abdominal perto do local da parte torcida do intestino para distorcer o volvo.

Em segundo lugar, o médico irá restaurar o fluxo sanguíneo nas áreas afetadas pelo volvo. Contudo, se partes do intestino ficaram sem sangue por muito tempo ou uma parte do intestino estiver necrosada, o cirurgião irá remover esse pedaço do intestino. Por fim, a parte afetada do cólon deve ser removida e as pontas saudáveis ​​recolocadas, um procedimento denominado ressecção intestinal. Isto é, a ressecção impede a recorrência do vólvulo; destorcer o nó nas tripas com o sigmoidoscópio pode não prevenir a recorrência.