New York Times: jornal diz que Bolsonaro estava certo em não confiar nas pesquisas de intenção de voto

COMPARTILHE !!
Por: Com Gospel Prime  Data: 05/10/2022 às 11:18
Imagem: Isac Nóbrega/PR

O resultado do primeiro turno das eleições brasileiras, teve repercussão internacional. Isso porque, a eleição foi considerada um “duelo de titãs” nos principais jornais ao redor do mundo.

Tal duelo é uma referência à disputa entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Messias Bolsonaro (PL).

O jornal americano The New York Times, disse que Bolsonaro estava certo em não confiar nas pesquisas de intenção de voto.

“Durante meses, pesquisadores e analistas disseram que o presidente Jair Bolsonaro estava condenado. Ele estava atrás por uma margem ampla e inabalável na disputa presidencial de alto risco do Brasil, e as pesquisas sugeriam que poderia até perder no primeiro turno”, diz trecho do Jornal The New York Times.

“Os analistas subestimaram a força de candidatos conservadores em todo o país”, aponta outro trecho da matéria do referido jornal.

Com relação a Lula, o veículo considerou um “espantoso renascimento político que há poucos anos parecia impensável.”

Os jornais argentinos La Nacion e Clarin e o espanhol El País, falaram sobre os erros nas pesquisas eleitorais.

“Durante meses, Bolsonaro criticou pesquisas que o punham consistentemente 10 a 15 pontos atrás de Lula. Seus fiéis diziam que ele estava sendo subestimado tal como em 2018, e assim o foi. No momento da verdade, seu apoio real foi maior do que o previsto”, afirmou o veículo.