‘Na Base do Sossego’ apreende nove equipamentos de som e proíbe evento por falta de alvará

COMPARTILHE !!
Por: Ascom SSP/AL  Data: 13/06/2022 às 16:38
Imagem: SSP/AL

A Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio da Chefia de Prevenção, e a Polícia Militar, por meio das Bases Comunitárias, desencadeou mais uma ação do projeto “Na Base do Sossego”. Os trabalhos foram realizados em bairros de Maceió e Marechal Deodoro, entre a noite do último sábado (11) e a madrugada desse domingo (12), e contaram com a participação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas.

As guarnições visitaram de forma simultânea as áreas já atendidas pelo projeto, que visa reduzir a quantidade de ocorrências de perturbação do sossego alheio e é desenvolvido pelas Bases Comunitárias do Vergel do Lago, Osman Loureiro, Carminha, Selma Bandeira e do Povoado Pedras. O foco principal estava na repressão dos indivíduos recorrentes na contravenção penal. Nove equipamentos sonoros foram apreendidos na ação.

Seguindo o alinhamento feito junto ao Ministério Público do Estado e ao Poder Judiciário, além dos aparelhos recolhidos nos bairros do Vergel do Lago, Benedito Bentes e Clima Bom, policiais do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) autuaram quatro indivíduos que estavam usando sons automotivos de forma abusiva pela infração de trânsito.

Já os bombeiros, notificaram três proprietários de bares e casas de show. Numa dessas fiscalizações, inclusive, foi proibida a realização de um show, tendo em vista que o estabelecimento não possuía licença para realização de eventos e o responsável também não apresentou o projeto contra incêndios.

O tenente Alex Acioly, da Chefia de Prevenção, avaliou como positiva a operação integrada. “Foi um saldo muito positivo. Nós podemos perceber que houve uma redução nas ligações para o 190 no intervalo da operação. As apreensões aconteceram de forma cirúrgica, justamente, nos locais que estavam trazendo mais problemas de perturbação. A ação foi desenvolvida com as equipes das Bases Comunitárias da PM e também recebeu esse importante apoio do Corpo de Bombeiros, porque deu chancela aos trabalhos do projeto nos estabelecimentos comerciais”, afirmou o oficial.

Das Bases Comunitárias os policiais participantes eram do 1º, 4º e 5º Batalhões da PM e da 5ª Companhia Independente (CPM/I).