Mulher tem mão amputada após dar à luz em hospital do Rio

COMPARTILHE !!
Por: Correio 24 Horas  Data: 16/01/2023 às 20:01
Imagem: Reprodução/TV

Uma jovem de 24 anos estava no Hospital da Mulher Intermédica de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, para dar à luz ao filho e acabou saindo da unidade de saúde com a mão e punho amputados. 

Sem querer ser identificada, ela conversou com g1 e explicou que até hoje não compreende o motivo de ter ficado sem a mão. Ela ficou 17 dias internada após ter uma hemorragia depois do parto. Os médicos fizeram um acesso venoso na mão da paciente para colocar a medicação, mas ela começou a sentir dores e incômodos no membro, ficando inchado e roxo a todo momento.

A jovem teve de ser transferida de hospital e, após três dias, a família recebeu a informação que ela precisava amputar a mão.  “A porcentagem seria mínima para sobreviver. Seria 95% de não ter a mão, deles terem que amputar. E de 5% de reverter o caso. Mas, infelizmente, esses 95% venceram”, disse a mãe da jovem.

Até o momento, o hospital não soube informar o real motivo da jovem ter perdido uma das mãos e, para a vítima, ela sofreu consequências da situação: “Eu perdi a oportunidade de ver meu filho nos primeiros dias. De amamentar. Meu peito ficou produzindo leite por três dias, mas é como se eu tivesse tido um aborto”. 

A advogada do caso afirma que entrou na Justiça contra o hospital e que os erros devem ser apurados nas esferas criminal, administrativa e cível. “Vamos pedir as reparações de que tem a responsabilidade civil: dano estético, dano moral e material. E vamos fazer um levantamento da parte da imprudência, negligência e imperícia, que é a parte criminal”.

Em nota, o Hospital da Mulher Intermédica de Jacarepaguá lamentou o ocorrido e que vai apurar o caso, além dos procedimentos adotados durante o atendimento da jovem. O caso foi registrado na 41ªDP (Tanque) como lesão corporal culposa.