Médico de 32 anos que morreu tentando escapar de incêndio é enterrado em PE

COMPARTILHE
Por: Correio 24 Horas  Data: 13/02/2022 às 10:17
Fonte de Imagem: Reprodução

O corpo do médico Bruno Raphael Coelho, 32 anos, foi enterrado no fim da tarde deste sábado (12), na cidade de Araripina, em Pernambuco.  Ele morreu na madrugada da última sexta-feira (11), quando tentou escapar de um incêndio no prédio em que morava, na Barra, em Salvador. Bruno Coelho era médico e fazia residência em pediatria no Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce.

O médico residente Bruno Raphael morreu após cair de um apartamento, no bairro da Barra, na madrugada desta sexta-feira (11). O apartamento do segundo andar do Edifício Kennedy pegava fogo no momento do acidente.

Testemunhas relataram que Bruno estava dormindo quando o incêndio começou. Ao perceber que um dos apartamentos estava pegando fogo, ele foi até a varanda pedir socorro aos vizinhos.

Ele, que estava no terceiro andar, teria tentado escalar até a varanda do quarto andar, mas acabou escorregando e caiu na área da garagem. Bruno morreu na hora. Moradores relataram momentos de terror. 

Sobre o acidente, a Polícia Civil, informou que uma ocorrência foi registrada na 14ª DT/Barra, que expediu as guias de remoção cadavérica e de perícia no local. Disse que uma perícia será realizada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) poderá indicar as causas do incêndio.. 

Incêndio
Engenheiro da Codesal, Jorge Palma informou que o incêndio foi no apartamento  202. As partes mais consumidas pelas chamas foram a cozinha e o quarto. “O quarto foi o mais atingido, talvez tenha sido do ar condicionado. Mas com relação à causa, será dada pelo DPT (Departamento de Polícia Técnica). Com relação ao imóvel, não houve danos estruturais, ou seja, laje, pilar, viga. O que houve foi queda do reboco das paredes e destruição da instalação elétrica e hidráulica e houve perda de todos os objetos”.