Mais 500 brasileiros têm pênis amputados todos os anos; veja as causas

COMPARTILHE
Por: Com Jovem Pan  Data: 07/02/2022 às 08:57
Fonte de Imagem: Ilustração Google

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) realiza campanha de combate ao câncer de pênis.

Orlando Rodrigues, de 71 anos, está entre os pacientes que tiveram que passar por uma amputação parcial do pênis causada por um câncer. Ele conta que, inicialmente, apareceu uma verruga no órgão, que foi tratada por anos com remédios e pomadas. Uma biópsia também foi realizada, mas o resultado não acusou a doença de imediato.

Na ocasião, o diagnóstico foi de papiloma escamoso, que é a forma de manifestação do vírus HPV, que é uma das causas do câncer de pênis, como explica o médico Alfredo Canalini, presidente da SBU. “Assim como o HPV é um importante fator de câncer de colo de útero para a mulher, é um fator também de câncer de pênis para o homem”, explica.

Por não ter tido um tratamento eficaz por alguns anos, a doença de Orlando Rodrigues evoluiu para um câncer e, com isso, precisou passar por uma cirurgia de amputação. “Estava bem avançado, então não tinha outra solução, além da amputação”, afirmou.

Segundo o Ministério da Saúde, nos últimos quatro anos, o Brasil teve o registro de mais de oito mil casos de câncer de pênis. Nos últimos 14 anos, foram registradas mais de sete mil amputações, o que equivale uma média de 515 procedimentos por ano.

O urologista Alfredo Canalini enumerou cuidados para a prevenção da doença. “Estimular a higiene adequada do pênis, a realização de cirurgias para retirada do prepúcio para homens que têm fimose, porque a fimose vai impedir que a higiene seja adequada”, alerta. Além disso, a vacina de HPV também está disponível no SUS para proteção dos meninos.