Maconha pode ser mais prejudicial aos pulmões que o tabaco por um simples motivo

COMPARTILHE !!
Por: Olhar Digital  Data: 16/11/2022 às 14:09
Imagem: Reprodução

Pesquisadores da Universidade e Hospital de Ottawa, no Canadá, identificaram que fumar maconha pode ser muito mais prejudicial aos pulmões e as vias aéreas que o tabaco. Segundo os cientistas, há um senso de que o cigarro da planta é menos danoso à saúde, tendo o resultado surpreendido, mas há um motivo bem lógico para o desfecho no organismo.

Publicado na revista Radiology, o estudo analisou radiografias de tórax de 56 fumantes de maconha, 57 não fumantes e 33 pessoas que fumaram apenas tabaco entre 2005 e 2020. Taxas bem mais altas de inflamação das vias aéreas e enfisema — uma doença pulmonar crônica — foram encontradas entre fumantes regulares de maconha em comparação com fumantes regulares de tabaco e não fumantes.

“O consumo de maconha está aumentando e há uma percepção pública de que a maconha é segura ou mais segura do que os cigarros (de tabaco)”, disse à AFP Giselle Revah, radiologista do Hospital de Ottawa, onde a pesquisa foi realizada. “Mas este estudo levanta preocupações de que isso pode não ser verdade.”

Conforme a especialista, a explicação para isso pode estar relacionada às diferenças em como as drogas são normalmente consumidas. “A maconha é fumada sem filtro, ao contrário do tabaco que é geralmente filtrado. Quando você fuma maconha não filtrada, mais partículas atingem suas vias respiratórias, sendo depositadas lá e irritando essas vias.”

Outro ponto observado pela pesquisadora é o fato de ao fumar maconha a fumaça ser, propositalmente, retida por mais tempo no pulmão, com as famosas longas puxadas (tragadas). “Pode levar a mais traumas nesses espaços aéreos”, ressaltou.

A equipe pontuou que referente aos participantes que fumam maconha e cigarros os resultados foram inconclusivos, o que demandará mais estudos, até para entender se as explicações fazem sentido. Revah também destacou que há pouca pesquisa sobre os efeitos da cannabis na saúde em geral, já que ela é proibida na maioria dos países.

Vale explicar que a cannabis de uso medicinal, no qual os compostos da maconha são usados na fabricação de medicamentos, tem um processo e objetivo diferente no que diz respeito aos fumantes recreativos. A recomendação de uso de filtros ao fumar maconha já é fortemente recomendada entre o grupo, geralmente em combinação com as piteiras. No Canadá, onde o estudo foi realizado, o uso casual de cannabis foi legalizado em 2018.