Jogador de futebol mata ex-namorada de 56 anos à marteladas

COMPARTILHE
Por: Noticias ao Minuto  Data: 27/08/2022 às 09:43
Imagem: Reprodução

Giovanni Padovani, jogador do Sancataldese de 26 anos, matou a antiga namorada, Alessandra Matteuzzi, 56 anos, com um martelo, um ato que está chocando a sociedade italiana. O jogador encontra-se detido.

Tudo aconteceu na cidade de Bolonha. No último dia 20 de agosto, o jogador, que já perseguia a ex-companheira há algum tempo, deixou a concentração da sua equipe, que atua nos escalões secundários de Itália, e viajou até Bolonha. Padovani esperou pela ex-namorada à porta de casa e atacou-a na entrada com várias marteladas.

A mulher estava ao telefone com a irmã que, à distância e impotente, ouviu os gritos e as pancadas com que o jogador matou Alessandra. “Estava a 30 quilômetros, não podia fazer nada. Ouvi-a pedir para não lhe fazer mal, muitos gritos e liguei à Polícia”, disse a irmã, citada pela imprensa italiana.

“Eles terminaram em janeiro, mas ele começou a persegui-la. Era muito persistente e ficava à porta de casa dela, sabotou seu carro, e tentou invadir a sua casa, desligou o sistema de segurança… Fazia de tudo”, acrescentou, revelando que a polícia acabou por apanhar o homicida em flagrante delito.

Alessandra Matteuzzi ainda estava consciente quando a polícia e os bombeiros chegaram ao local do crime, mas acabou por morrer no hospital.