Imprensa de Barcelona já não descarta volta de Neymar no próximo verão

COMPARTILHE
Por: Array / Assessoria  Data: 08/01/2019 às 08:25
Fonte de Imagem: Reprodução

Neymar não é feliz em Paris e não quer continuar por la depois do próximo verão. Isso é o que a imprensa espanhola vem dizendo faz muito tempo. Já antes das últimas novidades terem aparecido, durante e depois do Mundial da Rússia, os jornais esportivos espanhóis falaram da possibilidade de Neymar ir para o Real Madrid após a partida do Cristiano Ronaldo. Mas o Real nunca fez uma oferta concreta ao PSG e Neymar ficou em Paris para a temporada 2018/2019, esperando uma boa oportunidade para reviver sua carreira.

Mas o destino de Neymar poderia ser outro do esperado: a imprensa de Barcelona já fala de aproximações e contatos para o jogador voltar à equipe que saiu em 2017 numa operação milionária  PSG pagou os 222 milhões de euros da sua rescisão que teve um impacto no mundo inteiro. Agora, alguma casa de aposta já coloca Barça como destino preferido para o ex-jogador do Santos.

Em Barcelona não esquecem a forma em que o craque brasileiro saiu em 2017. Por este motivo, apesar de aprovarem o retorno do futebolista que devia suceder Messi e a Cristiano Ronaldo no topo do futebol mundial, esperam que o clube peça a Neymar, e a seus representantes, atitudes diferentes das que tiveram no momento da partida para o PSG.

Um dos motivos pelos que o Barça estaria disposto a receber Neymar de volta é o fracasso de Dembélé, o jogador francês pelo que pagaram 140 milhões de euros para substituir Ney, numa operação desesperada da que agora estão muito arrependidos. O avançado francês nunca adaptou seu carácter ao dos seus colegas de balneário e as falta de disciplina dos últimos meses não ajudaram a melhorar as relações com os companheiros e a equipa técnica. O clube está esperando propostas concretas de equipas italianas e inglesas para recuperar parte do investimento e, assim, desprender-se de Dembélé.

Uma lesão impediu Neymar de jogar as partidas mais importantes da época passada com o PSG. Não ajudando, sua má relação com o treinador espanhol Unai Emery, agora no Arsenal inglês. Mas depois do Mundial da Rússia, o xeque convenceu ele a ficar em Paris e tentar ganhar a Liga dos Campeões para a equipe parisiense. A falta de competitividade do campeonato francês, com equipes mais fracas do que em outras das ligas europeias, não o está ajudando na motivação para tentar ganhar a Bola de Ouro, objetivo do que se tem afastado desde que está em Paris.

Pode Neymar regressar com Messi e Luis Suárez? Se estiver disposto a falar com o presidente Bartoumeu, tem opções de receber um perdão que interessa a ambas partes implicadas: o jogador e o Barça, que tem dificuldades até para integrar a Coutinho num sistema desenhado para jogar de outra forma, onde Neymar era uma peça muito importante, insubstituível. Tudo agora vai depender da vontade de Neymar e dos seus representantes em fazer a paz com a diretiva do Barça e da força que façam para pressionar o PSG e obrigar a equipe de Paris a aceitar uma hipotética oferta enviada desde Barcelona.