IML confirma que menina de 11 anos morta em Marechal sofreu abuso sexual

COMPARTILHE
Por: Array / Ascom POAL  Data: 11/02/2020 às 13:22
Fonte de Imagem: Redes sociais

Exame de necropsia localizou material biológico que pode ser de suspeito

O Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima em Maceió confirmou na manhã de hoje (11), que a causa da morte da menina Mariana Vieira Marques Barbosa de 11 anos foi asfixia por esganadura. O laudo do exame de necropsia realizado no cadáver também comprovou que a estudante foi vítima de violência sexual.

http://162.240.35.102/~wwalag/2020/02/menina-de-11-anos-e-esganada-e-morta-em-marechal-deodoro/

De acordo com o perito médico legista responsável pelo exame cadavérico, além da confirmação da causa da morte e do estupro, durante a necropsia foi possível coletar material biológico nas unhas e na genitália da estudante. O material foi coletado e armazenado para a realização do exame de DNA que confrontará essas amostras com a de possíveis suspeitos de cometer o crime.

O corpo de Mariana Vieira foi encontrado despido e com sinais de violência sexual no conjunto Erick Ferraz, no bairro Poeira em Marechal Deodoro. Após o exame de necropsia, o corpo da menina de 11 anos foi liberado para sepultamento e o laudo completo com todas as informações técnicas serão encaminhadas para a delegacia responsável pela investigação.