IMA alerta sobre riscos nas praias e fozes dos rios nos períodos de chuva em Alagoas

COMPARTILHE
Por: IMA/AL  Data: 25/04/2022 às 14:54
Fonte de Imagem: Reprodução

Com a chegada do período chuvoso, os cuidados com o mar e a balneabilidade devem ser redobrados. Aqui no Estado, o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL), disponibiliza semanalmente um relatório para que a população tenha acesso as informações sobre as condições de banho nas praias.

A principal recomendação é evitar os banhos de mar por ao menos 48 horas depois das chuvas, mas existem pontos críticos que devem ser evitados durante todo o ano independente das condições do tempo. Entre eles estão: a Foz do Rio Niquim na Barra de São Miguel, Riacho de Águas Férreas em Cruz das Almas e o Rio Persinunga em Maragogi.

Segundo Ricardo César, coordenador do Gerenciamento Costeiro do IMA, nas estações de outono e inverno, em que ocorrem chuvas mais frequentes, é necessário evitar fozes de rios e as praias. Pois esses ambientes recebem águas que passaram por locais sem estrutura de saneamento.

“Nas praias, através das águas que passam por galerias pluviais e calçadas, temos uma grande quantidade de microrganismos patogênicos que transmitem doenças, como também produtos químicos que podem causar reações alérgicas à população”, explica o coordenador.

Vale destacar que o IMA atualiza semanalmente o relatório de balneabilidade das praias de Alagoas e essas informações ficam disponíveis no site: http://www.ima.al.gov.br.  Ainda, a população também pode visualizar os trechos próprios e impróprios para banho através do aplicativo Nossa Praia, disponível gratuitamente para IOS e Android: https://bit.ly/APPnossapraia.