Idoso mata neta de 10 anos obrigando a menina tomar óleo de motor

COMPARTILHE !!
Por: Agências  Data: 29/11/2022 às 06:15
Imagem: Reprodução

A Polícia Civil (PC) prendeu um homem, de 60 anos, acusado de ter matado a própria neta, de 10, em uma aldeia da zona rural de Aral Moreira, no Mato Grosso do Sul. O idoso obrigou a menina a ingerir óleo de motor. 

A prisão ocorreu em flagrante após moradores locais conterem o indivíduo e aguardarem a chegada da polícia. 

De acordo com as informações levantadas pela Polícia Civil, liderança da Aldeia Guayvyri, localizada na região rural de Aral Moreira, entrou em contato com a equipe, relatando que uma criança, de 10 anos, havia sido morta pelo avô materno.

Equipes de segurança foram para o local para averiguar o caso. Os próprios moradores da aldeia, após o cometimento do crime e com a orientação da liderança do local, capturaram o autor e aguardaram a chegada da Polícia Civil para a condução e finalização do flagrante delito, com a consequente prisão do idoso.

Informações obtidas na área indígena apontam que o autor utilizou óleo de motor usado e fez com que a criança ingerisse o líquido, até que se consumasse a morte. A criança era PcD (Pessoa com Deficiência) e apresentava mobilidade reduzida, fato este que, aliado à sua pouca idade, a impossibilitava de se defender dos ataques do agressor.

Após a prisão em flagrante, o autor foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã, para os devidos procedimentos e consequente comunicação da prisão, ficando à disposição da justiça.