HGE atende 61 pessoas feridas em acidentes de trânsito no fim de semana

COMPARTILHE
Por: Ascom HGE/Thallysson Alves  Data: 18/10/2021 às 19:07
Fonte de Imagem: Cortesia ao AlagoasWeb

O Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, prestou assistência a 61 pessoas feridas em acidentes de trânsito no último fim de semana. Do total, foram 30 usuários feridos em colisões, 24 em quedas de moto, quatro em atropelamentos, dois em quedas de bicicleta e um em decorrência de um capotamento. Ao todo, foram 623 atendimentos, 441 altas médicas, 138 internações, 60 transferências e 32 cirurgias realizadas.

Entre os acidentados com motocicleta está o casal Nicholas Ferreira da Silva Lopes e Jéssica Aline dos Santos Araújo, ambos de 27 anos. O pai de Nicholas, Nivaldo Ferreira, conta que seu filho estava trafegando pela rua, normalmente, quando, de repente, um carro ultrapassou e, sem sinalizar, decidiu entrar na rua seguinte.

“O meu filho disse que ainda fez sinal de luz, buzinou, mas não conseguiu evitar o choque. Com a pancada, a esposa saltou para cima do carro e ele caiu com a moto. Quando recebi a chamada dele fiquei muito assustado. No local, ele foi examinado pelos socorristas do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência]”, disse Nivaldo Ferreira.

O casal foi encaminhado ao HGE, por prevenção. Assistidos pela equipe multidisciplinar na Área Vermelha Trauma, exames de imagem foram realizados e nenhuma fratura foi identificada. Após medicação e orientações, o casal recebeu alta médica e está em casa de repouso.

“Eu já sofri acidente de moto e foi assim. Por isso, peço aos motoristas que sinalizem quando for entrar numa rua. É importante que todos sigam a legislação no trânsito, pois o que aconteceu com meu filho poderia ter sido mais grave. Agora poderíamos estar sofrendo por algo totalmente evitável”, enfatizou o patriarca.

Outros Casos – O HGE registrou, ainda, durante o fim de semana, o atendimento a 365 pacientes que apresentaram casos clínicos, 180 que sofreram acidentes (104 casuais, 61 de trânsito e 15 de trabalho), 14 pessoas feridas em agressões, três que tentaram suicídio, três que sofreram queimaduras e uma que se afogou. Na Central de Triagem para a Covid-19, das 57 pessoas atendidas, quatro foram diagnosticadas com a doença pandêmica.