Google vai excluir dados do Gmail, Drive e Fotos de contas inativas

O Google anunciou que a farra acabou, e de acordo com sua nova política de armazenamento, a empresa poderá excluir arquivos de contas que estão inativas por pelo menos dois anos. Em novembro deste ano, o Google anunciou que o armazenamento de arquivos para os usuários do Fotos, Drive, Docs e Gmail não seria mais ilimitado, e partir de 1º de junho de 2021, a companhia vai limitar o espaço para armazenar em até 15 GB de forma compartilhada para todas as plataformas já citadas. Agora, a empresa está sendo mais específica com as informações da sua nova política de armazenamento, e começou a encaminhar notificações via e-mail para informar seus usuários de forma mais clara a fim de que você possa se planejar com antecedência. Os avisos sobre a nova política da companhia se resumem no seguinte: se você extrapolar o limite de 15GB durante dois anos, o Google também poderá se desfazer dos arquivos que excederão o espaço padrão. A partir do dia 1º de junho de 2021 a política entra em vigor, e durante o prazo de dois anos que se estende até junho de 2023, a empresa poderá eliminar o conteúdo excedente, seja ele documentos, fotos ou arquivos. Por isso, é preciso tomar cuidado para não acabar perdendo material importante por conta dessa nova regra. A mudança só é válida para junho de 2023, então não precisa ficar desesperado, entretanto, confira os arquivos que estão sendo armazenados em sua conta Google e faça backup para armazenar em outro local com em HDs físicos, caso seja necessário, ou adquira uma conta paga do Google One. A companhia oferece 100 GB por apenas R$ 6,90 por mês, 200 GB por R$ 9,99 mensais ou 2 TB por R$ 34,99. Essa é uma solução para não se preocupar com essas novas diretrizes. Google vai excluir dados de contas inativas

COMPARTILHE
Por: Google  Data: 17/12/2020 às 18:10
Fonte de Imagem: Reprodução

O Google anunciou que a farra acabou, e de acordo com sua nova política de armazenamento, a empresa poderá excluir arquivos de contas que estão inativas por pelo menos dois anos.

Em novembro deste ano, o Google anunciou que o armazenamento de arquivos para os usuários do Fotos, Drive, Docs e Gmail não seria mais ilimitado, e partir de 1º de junho de 2021, a companhia vai limitar o espaço para armazenar em até 15 GB de forma compartilhada para todas as plataformas já citadas. Agora, a empresa está sendo mais específica com as informações da sua nova política de armazenamento, e começou a encaminhar notificações via e-mail para informar seus usuários de forma mais clara a fim de que você possa se planejar com antecedência.

Os avisos sobre a nova política da companhia se resumem no seguinte: se você extrapolar o limite de 15GB durante dois anos, o Google também poderá se desfazer dos arquivos que excederão o espaço padrão.

A partir do dia 1º de junho de 2021 a política entra em vigor, e durante o prazo de dois anos que se estende até junho de 2023, a empresa poderá eliminar o conteúdo excedente, seja ele documentos, fotos ou arquivos. Por isso, é preciso tomar cuidado para não acabar perdendo material importante por conta dessa nova regra.

A mudança só é válida para junho de 2023, então não precisa ficar desesperado, entretanto, confira os arquivos que estão sendo armazenados em sua conta Google e faça backup para armazenar em outro local com em HDs físicos, caso seja necessário, ou adquira uma conta paga do Google One. A companhia oferece 100 GB por apenas R$ 6,90 por mês, 200 GB por R$ 9,99 mensais ou 2 TB por R$ 34,99. Essa é uma solução para não se preocupar com essas novas diretrizes.

Google vai excluir dados de contas inativas

Parece que a empresa está limpando a sua plataforma, deixando um limite de armazenamento para os usuários ativos, e eliminando o que não está sendo utilizado pelas contas inativas há pelo menos dois anos. Essa regra vale para arquivos do Drive, Docs, Planilhas, Slides, Jamboard, Gmail, Fotos, Drawings e Forms.

“Após 1 de junho de 2021, se a sua conta estiver inativa ou acima do limite de armazenamento, iremos enviar-lhe lembretes e notificações por e-mail com antecedência e antes da eliminação de qualquer conteúdo. Mesmo que a sua conta esteja inativa ou acima do limite de armazenamento em um ou mais destes serviços e o conteúdo seja eliminado, ainda conseguirá iniciar sessão”.

O Google já começou a enviar notificações para essas contas inativas, informando que seus dados poderão ser excluídos. Até isso acontecer, os usuários têm cerca de cinco meses para se preparar, e antes de fazer a exclusão, a empresa diz que vai continuar avisando várias vezes.

Portanto, não se desespere! Considere fazer um backup para guardar seus arquivos em mídia física, ou até mesmo efetuar a compra de um plano que o Google oferece. Se quiser exportar todos os vídeos e fotos do seu Google Fotos para economizar espaço, separamos uma dica especial para você.