Giovanna Ewbank parte para cima de mulher após filhos sofrerem racismo, assista

COMPARTILHE
Por: Jovem Pan  Data: 31/07/2022 às 09:16
Fonte de Imagem: Reprodução

A atriz e apresentadora Giovanna Ewbank saiu em defesa dos filhos após eles serem vítimas de racismo em um restaurante localizado em uma praia de Portugal. O vídeo do momento em a artista discute com a mulher que ofendeu Títi e Bless viralizou nas redes sociais.

“Racista nojenta, filha de uma put*. Isso é o que você é, horrorosa. Você é nojenta. Tenho pena de você, sabe por quê? Porque você não é amada, você é uma nojenta. Você merece um soco, uma porrada”, grita Giovanna na gravação que foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter neste domingo, 30.

O ator Bruno Gagliasso, que é casado com Giovanna e pai das crianças, aparece ao lado da atriz no vídeo. Em nota, a assessoria de imprensa do casal informou que a mulher que cometeu o crime de racismo teria dito que as pessoas negras presentes no estabelecimento deveriam voltar para a África e chamou as crianças de “pretos imundos”.

A polícia foi chamada e a criminosa foi presa. Ela deixou o local escoltada por policiais. Bruno e Giovanna “prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa”, informou a equipe do casal. Assista ao vídeo:

Confira o comunicado na íntegra: 

Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias.

Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local – cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”.

Confirmamos, conforme videos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa.

Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.

A Trigo Casa de Comunicação lamenta as agressões sofridas por Títi, Bless e os turistas angolanos e apoia integralmente as ações tomadas por Giovanna e Bruno. Racismo é crime.