Fiscalização apreende mais de R$ 500 mil em mercadorias irregulares na capital e interior de Alagoas

COMPARTILHE !!
Por: Com Sefaz  Data: 21/12/2022 às 06:17
Imagem: Sefaz

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AL) realizou, na terça-feira, dia 20, uma operação no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, localizado em Maceió. A ação identificou diversos volumes de mercadorias e constatou que estavam desacompanhadas de documentação fiscal, descumprindo a legislação tributária de Alagoas.

O total de mercadorias em situação irregular somou o montante de R$ 104.800,00, gerando a cobrança de imposto e multa no valor de R$ 24.523,20. Todos os itens retidos foram regularizados e liberados. O superintendente especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy, reforça que a Sefaz continua ativa na fiscalização, coibindo a sonegação pela justa e leal concorrência.

“É injusto o bom contribuinte – que é a maioria dos contribuintes alagoanos – pagar e ter prejuízo pela conduta de uma minoria sonegadora. Realizamos rondas constantes para combater a sonegação fiscal no estado de Alagoas. Postos fiscais, volantes, auditorias e malhas, todas as armas do Fisco em defesa da sociedade, pois sonegar imposto é prejudicar os serviços de saúde, educação, infraestrutura e segurança pública”, afirma.

No interior
A Sefaz-AL flagrou três veículos transportando bebidas alcoólicas sem documentação fiscal e recolhimento com valores indevidos em substituição tributária nessa segunda-feira (19). A operação teve apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e aconteceu nos municípios de Arapiraca e Palmeiras dos Índios, interior de Alagoas.

Os produtos retidos equivalem a R$ 509.325,94, ocasionando a cobrança de imposto e multa no valor de R$161.618,22. Parte das mercadorias foi regularizada e a outra se encontra retida para regularização.