Filho que matou a mãe é usuário de drogas e diz que viu a mãe como satanás

COMPARTILHE !!
Por: Ascom PC-AL  Data: 26/11/2022 às 08:57
Imagem: Reprodução

A Polícia Civil de Alagoas, por meio da coordenadora da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Tacyane Ribeiro, revelou na sexta-feira (25) detalhes do crime que vitimou Roseane Moreira, 56 anos, assassinada pelo próprio filho, de 26 anos, num apartamento do Condomínio Alta Vista, localizado na Rua São Pedro, bairro Cidade Universitária.

O crime ocorreu por volta das 20h15, da quinta-feira (24), sendo a vítima atingida por diversos golpes de faca. Ela ainda foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que tentaram reanimá-la, mas a mulher acabou morrendo no local.

Os vizinhos atenderam a pedido de socorro e quando chegaram ao local encontraram o acusado com duas facas nas mãos e a mãe ensanguentada no chão do seu quarto.

O jovem permaneceu no apartamento e acabou preso em flagrante por policiais militares.

Autuado na Central de Flagrantes, o jovem disse que é usuário de drogas e sofre de problemas psiquiátricos, já tendo sido internado por diversas vezes em clínicas de recuperação.

Segundo ele, estava em casa quando ouviu vozes incentivando que ele matasse a mãe, e que ele a via como se fosse o satanás. Foi então que pegou a faca e aplicou vários golpes na mãe.

A delegada Tacyane Ribeiro informou que a Polícia Civil vai investigar todas as circunstâncias do crime, inclusive se o acusado estava sob o efeito de drogas no momento em que matou a mãe, e se realmente tem alguma doença psiquiátrica.

A delegada estará à disposição da imprensa às 11 horas, na sede da DHPP, para entrevistas sobre o crime.