Filho de ex-prefeito do interior de Alagoas é preso na Bahia acusado na morte de duas pessoas

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb Jacobina24Horas  Data: 28/07/2022 às 18:15
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo

Policiais da 16ª Coorpin – Delegacia de Polícia de Jacobina (BA), prenderam, na manhã desta quinta-feira (28), um homem acusado de participação em um duplo homicídio, registrado em outubro de 2002, na cidade de Maceió. O individuo estava residindo no distrito do Junco, Zona Rural do município. 

Segundo relato da polícia, o duplo homcidio aconteceu um um bar, onde o acusado, juntamente com um comparsa (atualmente morto), executaram duas pessoas. Há época, o MP de Alagoas denunciou Thiago Alexandre da Silva Vera Cruz, conhecido como Tiago Lampião, por ter praticado este duplo homicídio e ter apontado o homem preso (hoje) e seu primo (João Mendonça, morto), como os verdadeiros autores.

O MP alegou que já era prática de Tiago Lampião matar as pessoas e ‘arrumar’ autores para o crime, se aproveitando do seu poderio econômico da época, por ser filho do então  prefeito de Campo Grande, no interior de Alagoas.

“Tiago Lampião foi preso e condenado a 26 anos de prisão, enquanto seu primo João foi morto e G.H.C.B.(agora preso) se encontrava foragido, até esta data, quando, após intercâmbio de informações com a Polícia Civil de Alagoas, por ser um alvo prioritário para aquele estado, conseguimos lhe localizar no Distrito do Junco, após o mesmo vir de Feira de Santana, ter se casado com uma mulher de Capim Grosso e constituir família com esta, ao certo, achando que jamais seria encontrado e preso”, relata Dr. Eduardo Brito.

Após levantamento realizado durante a semana, o Coordenador Regional da PC, juntamente com as equipes do SI, obteve êxito na prisão do acusado, tendo o mesmo confessado o crime e a fuga. Preso após vinte anos de fuga, G.H.C.B. se encontra preso no Complexo Policial de Jacobina à disposição da justiça do estado de Alagoas.