Família alagoana é morta na noite de Natal em fazenda no interior do MA

Mulher estava gravida, outras quatro crianças sobreviveram a chacina

COMPARTILHE !!
Por: AlagoasWeb  Data: 27/12/2020 às 15:52
Imagem: Arquivo da familia
Mulher estava gravida, outras quatro crianças sobreviveram a chacina

Uma família (pai, mãe e um filho), foram assassinados na noite de Natal, sexta-feira (25), em uma fazenda na zona rural da cidade de Junco do Maranhão, a 265 quilômetros da capital, São Luís. As vítimas eram alagoanas da cidade de União dos Palmares.

De acordo com informações da família, José Gregório Pereira, de 53 anos, sua esposa, Maria José de Lima, de 35 anos, e o filho do casal, um adolescente de 12 anos, foram executados dentro da casa onde moravam.

Dois homens encapuzados, ainda segundo as informações, seriam os autores da chacina, “chamaram na porta e quando meu cunhado atendeu foi baleado, em seguida invadiram a casa e mataram minha irmã, degolada com um facão”, contou a reportagem do AlagoasWeb o irmão da mulher.

Um filho do casal tentou fugir por uma janela do imóvel, mas também foi baleado e morreu no local. Outras quatro crianças, de 10, 8, 4 e dois anos, duas delas especiais (as de 2 e 4 anos), sobreviveram.

José Gregório era caseiro da fazenda e morava no local, junto a mulher e os filhos, a mais de 10 anos. Maria José, de acordo com os familiares, estava gravida.

A família disse que não tem a quem atribuir as mortes e espera que as investigações possam identificar e punir os culpados pela chacina, “são quatro crianças que ficam órfãs”, completou o irmão, que mora em São Miguel dos Campos.

Sem condições financeiras para trazer os corpos para Alagoas, os familiares autorização o sepultamento das vítimas, que aconteceu neste sábado (26), na cidade de Junco do Maranhão. Ainda segundo a família, as quatro crianças estão sob cuidados do Conselho Tutelar do município, “estamos indo buscar as crianças o mais breve possível”, concluiu o irmão.