Facebook, TikTok, Instagram, WhatsApp: qual rede social é mais segura?

COMPARTILHE
Por: Olhar Digital via Le VPN  Data: 10/09/2022 às 18:20
Fonte de Imagem: Ilustração

Com o passar dos anos, as redes sociais se tornaram de uso frequente por grande parte das pessoas do mundo. Muitas, inclusive, passam mais tempo nas plataformas digitais do que aproveitando a vida real.

Além disso, é nas redes sociais que compartilhamos alguns dos momentos mais especiais das nossas vidas e até mesmo dados extremamente pessoais, como endereço de e-mail, número de celular, endereço de nossas casas e até conversas com nossos amigos e familiares.  

Essa alta exposição pode parecer muito legal, mas também é muito perigosa. Hackers e pessoas mal intencionadas estão o tempo todo de olho nessas redes sociais para, em qualquer falha ou brecha, conseguir invadir e roubar alguns dados dos usuários.  

Para evitar situações como essa, é necessário estar muito atento ao que você compartilha nas suas plataformas, além de também ter muita atenção com o tipo de rede social que você utiliza.

Por isso o Olhar Digital separou algumas das plataformas mais seguras.

Telegram  
Apesar de se envolver em diversas polêmicas por conta de seu sistema de segurança, o Telegram pode ser considerado a rede social mais confiável. Com uma criptografia P2P, a plataforma pode oferecer anonimato completo para quem quiser e não solicita nem mesmo dados pessoais para que alguém se inscreva nela. 

Principais recursos de segurança: Não exige dados pessoais para cadastro, criptografia P2P, autenticação em duas etapas e chats secretos.

WhatsApp 
Em segundo lugar está uma das maiores plataforma do mundo. Pertencente a Meta, o mensageiro não possui nenhum servidor central e toda comunicação é realizada P2P e os dados são armazenados nos próprios dispositivos dos usuários.  

Principais recursos de segurança: criptografia P2P e autenticação de dois fatores.

Reddit
A ferramenta já se envolveu em algumas polêmicas e por isso incrementou diversos recursos para aumentar a segurança. Os usuários podem manter o anonimato total, podendo usar um e-mail secundário para criar seus perfis.  

Principais recursos de segurança: suporte completo para VPN, Antispyware e Antivírus, baixa exigência de dados pessoais dos usuários e segurança extra nos servidores.

YouTube 
A plataforma de vídeos exige dos usuários apenas uma conta Google para criação de uma conta, o que pode ser uma vantagem, levando em consideração que você ainda terá os recursos de segurança do próprio Google.  

Vale lembrar que, se você cria conteúdo para o YouTube, terá que compartilhar alguns dados bancários com a plataforma, tornando ainda mais necessário a ativação de todos os recursos de segurança disponíveis.  

Principais recursos de segurança: suporte contínuo para VPN e Anti-Spyware, baixo nível de coleta de dados dos usuários, conteúdo protegido por ferramentas do Google, como a verificação em dois fatores com o Google Authenticator.

Instagram 
Considerada uma das maiores redes sociais do mundo, o Instagram também pertence a Meta e possui criptografia em suas mensagens. Os usuários também podem usar recursos adicionais de segurança, como autenticação de dois fatores.  

Principais recursos de segurança: criptografia de mensagem, autenticação de dois fatores, suporte VPN e antivírus.

As redes sociais podem oferecer diversos recursos de segurança, mas é necessário que os usuários se atentem a maneira como vão utilizá-las e sempre evitem compartilhar suas informações de acesso com terceiros, ou ainda clicar em links desconhecidos que peçam sues dados de registro.