Estudo: Coronavírus perde 90% da capacidade de contágio após 20 minutos no ar

COMPARTILHE
Por: NM com Associated Press  Data: 18/01/2022 às 07:59
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo

No Reino Unido, um estudo da Universidade de Bristol mostrou que a maior parte da capacidade de contágio do coronavírus é perdida pouco depois que ele é exalado.

Os pesquisadores da universidade britânica concluíram que 90% da capacidade de contágio é perdida 20 minutos após ele ser expelido na atmosfera, e que a maior parte dessa perda ocorre nos cinco primeiros minutos.

O estudo aponta ainda que a maioria dos contágios ocorre a uma distância curta, reforçando a importância de medidas como o distanciamento social e o uso de máscaras.