“Estou empenhado em proteger brasileiros na Ucrânia”, diz Bolsonaro

COMPARTILHE
Por: Congresso em Foco  Data: 25/02/2022 às 09:57
Fonte de Imagem: Marcos Corrêa/PR

Após silenciar pela manhã sobre os ataques da Rússia à Ucrânia, que tiveram início nesta quinta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro se pronunciou sobre o conflito no Leste Europeu. Em rede social, o chefe do Executivo disse que está “empenhado” em garantir a segurança dos brasileiros que estão no país ucraniano.

“Estou totalmente empenhado no esforço de proteger e auxiliar os brasileiros que estão na Ucrânia. Nossa Embaixada em Kiev permanece aberta e pronta a auxiliar os cerca de 500 cidadãos brasileiros que vivem na Ucrânia e todos os demais que estejam por lá temporariamente”, escreveu.

A publicação de Bolsonaro foi uma reprodução da nota emitida pelo Ministério das Relações Exteriores, que pede para que os brasileiros entrem em contato com a Embaixada na Ucrânia.

A Embaixada do Brasil em Kiev, capital do país, está realizando a renovação do cadastramento dos brasileiros e dando orientações por mensagens e no site oficial. O consulado também prepara uma lista de operação local de resgate, de caráter humanitário.

O presidente cumpriu agenda em duas cerimônias em São Paulo até o início da tarde desta quinta e não havia mencionado o conflito.

Mais cedo, o vice-presidente Hamilton Mourão se posicionou e saiu em defesa do país ucraniano e afirmou que o Brasil não está neutro. “O Brasil não está neutro. O Brasil deixou muito claro que ele respeita a soberania da Ucrânia. Então, o Brasil não concorda com uma invasão do território ucraniano. Isso é uma realidade”, afirmou o vice-presidente.

Leia a íntegra da nota do Itamaraty:
A Embaixada do Brasil em Kiev permanece aberta e dedicada, com prioridade, desde o agravamento das tensões, à proteção dos cerca de 500 cidadãos brasileiros na Ucrânia. A Embaixada vem renovando o cadastramento dos brasileiros e tem-lhes transmitido orientações, por meio de mensagens em seu site (kiev.itamaraty.gov.br), em sua página no Facebook

Solicita-se aos cidadãos brasileiros em território ucraniano, em particular aos que se encontrem no leste do país e outras regiões em condições de conflito, que mantenham contato diário com a Embaixada. Caso necessitem de auxílio para deixar a Ucrânia, devem seguir as orientações da Embaixada e, no caso dos residentes no leste, deslocar-se para Kiev assim que as condições de segurança o permitam.

O Itamaraty disponibiliza, ainda, para casos de emergência consular de brasileiros na Ucrânia e seus familiares, o número de telefone de plantão consular +55 61 98260-0610