Estados do Brasil registram frio expressivo em novembro

COMPARTILHE !!
Por: Noticias ao Minuto  Data: 03/11/2022 às 18:40
Imagem: AlagoasWeb/Arq

Além de fortes chuvas e a passagem de uma intensa frente fria, que trouxe uma massa de frio de origem polar muito acentuada, provocou a queda de temperatura em praticamente todas as regiões do Brasil, neste início de novembro. Em São Paulo, as madrugadas vão permanecer geladas até o fim de semana. Também há possibilidade de as baixas temperaturas persistirem nos próximos dias em outras regiões brasileiras.

Conforme a Climatempo, a umidade marítima trazida pelos ventos seguirá favorecendo a formação de muitas nuvens sobre a faixa leste do Estado de São Paulo, influenciando as condições de tempo também na capital paulista. Às 13h da quarta-feira de Finados, dia 2, a temperatura máxima registrada pela estação automática do Mirante de Santana, na zona norte da capital, operada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foi de apenas 15,4°C, menor temperatura em um dia de novembro em 23 anos – em 10 de novembro 1999, a máxima foi de 14,3°C. Há possibilidade de novos recordes de frio nos próximos dias.

Nesta quinta-feira, 3, o céu segue nublado na Região Metropolitana de São Paulo. Há possibilidade de o sol aparecer entre muitas nuvens, mas a sensação de frio deve persistir na Grande São Paulo. Segundo a Climatempo, há condições para chuva fraca durante a manhã e a tarde. O dia começou gelado e chuvoso com temperatura em torno dos 11°C e a temperatura máxima deve ser de apenas 16°C.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), as estações meteorológicas da Prefeitura de São Paulo indicam que as temperaturas chegaram aos 9,9°C na região de Parelheiros, no extremo sul da cidade.

A partir de sexta-feira, 4, voltam a ocorrer períodos de sol, mas a presença do ar polar ainda vai manter as temperaturas baixas e a sensação continuará sendo de frio, especialmente durante as madrugadas e períodos noturnos. As condições de chuviscos diminuem nos próximos dias. As temperaturas variam entre mínimas de 10°C e 18°C.

Para o fim de semana, segundo a Climatempo, as temperaturas voltam a subir gradativamente ao longo do dia, mas a sensação de frio ainda persiste na capita paulista. Os termômetros devem variar entre 11°C e 20°C. Não há expectativa de chuva.

Recordes de baixas temperaturas
Nas regiões Sul, Norte e Centro-Oeste, foram registrados alguns recordes de temperaturas. A previsão é de que baixas temperaturas sejam observadas até o fim de semana, segundo a Climatempo.

Em Florianópolis, o frio foi bastante intenso na terça-feira, 1º, com registro de 14,6°C de temperatura mínima, menor medição de novembro desde os 12,9°C em 6 de novembro de 2020, conforme informou a Climatempo.

Na madrugada de terça-feira, Curitiba marcou 7,6°C de temperatura mínima, já sendo a menor mínima para novembro desde os 7,5°C registrados há dois anos.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a máxima em Curitiba na terça-feira foi de apenas 12,9°C, menor valor de máxima para um dia de novembro desde 2003. Até então, o recorde anterior era de 15,5°C, em 6 de novembro de 2013.

Em Porto Alegre, o Inmet registrou 9,9°C de temperatura mínima na terça-feira. Este foi o menor valor para um dia de novembro desde 12 de novembro de 2016, quando fez 9,1°C na capital gaúcha.

No Norte do País, o frio também foi sentido. Em Rio Branco, a temperatura mínima na terça-feira foi de 14,1°C, pela estação convencional do Inmet, e de 13,6°C na medição automática. Esta foi a menor mínima desde os 14°C registrados em 22 de agosto deste ano, durante o inverno.

No Centro-Oeste, também foram registradas baixas temperaturas. Em Campo Grande, a mínima na terça-feira foi de 9,8° C, sendo o menor valor para um dia de novembro desde 1965, de acordo com o Inmet.

Expectativa de chuva
Conforme a Climatempo, há risco de forte chuva nesta quinta-feira em Vitória, Salvador, Aracaju, Teresina, São Luís, Belém, Macapá, Boa Vista e Palmas. A chuva moderada deve se concentrar, principalmente, na região dos Lagos e na região serrana do Rio de Janeiro, no litoral sul fluminense e no litoral de São Paulo.

“Além disso, o tempo úmido ainda predomina sobre a região Sudeste nesta quinta-feira. No Espírito Santo, no norte e leste de Minas Gerais, ainda chove na maior parte do dia e há risco de chuva forte”, projetou a Climatempo.

Uma frente fria permanece na altura do litoral sul da Bahia provocando áreas de instabilidade sobre grande parte do Sudeste, Nordeste e Norte do Brasil.

No extremo norte do Amazonas, em Roraima, no Amapá, no centro-norte e leste do Pará e no Tocantins o tempo segue muito instável, com várias pancadas de chuva.

Na região Nordeste, nesta quinta-feira, o sol predomina o dia todo apenas no Rio Grande do Norte, no centro-leste da Paraíba e no leste de Pernambuco chove muito ao longo do dia e em quase toda a Bahia há risco de chuva forte, de acordo com a Climatempo.

No Centro-Oeste do País, o tempo continua úmido e frio em áreas de Goiás e no Distrito Federal, com predomínio de céu nublado e chuviscos.

Ainda faz bastante frio e também permanecem as condições para geada ao amanhecer na região Sul, nas áreas de serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e também no Planalto Sul catarinense. Há registro de chuva fraca no litoral de Santa Catarina e do Paraná.