Escavação de ferrovia encontra osso de dinossauro no MA

COMPARTILHE
Por: Site de Curiosidades  Data: 11/10/2021 às 08:10
Fonte de Imagem: Reprodução

Não é novidade nenhuma que fósseis de dinossauros são encontrados pelo mundo, afinal de contas já se sabe que eles habitaram a terra. Dinossauros habitaram na terra há milhões de anos atrás e nós estamos descobrindo sobre isso dia após dia. As escavações mundo afora tem encontrado muitos ossos perdidos. Esses ossos são reflexo de um passado que não podemos acessar, apenas estudar e especular.

O Brasil não é alheio a história, muito pelo contrário. Assim como em toda a América do Sul, diversos fósseis já foram escavados por nossas terras. Agora, de forma bastante surpreendente, mais um vestígio de dinossauros foi encontrado. Dessa vez, o osso gigante foi achado no Maranhão, durante obras de uma ferrovia.

A descoberta foi noticiada por diversos portais e jornais, inclusive a Folha de S. Paulo. Segundo a publicação, diversos ossos foram encontrados e pesquisadores já trabalham nos esforços de “remontar” esses corpos gigantes. Acredita-se que um dos ossos, de cerca de 1,5 metro, tenha sido o fêmur de um titanossauro. Além do fêmur, os pesquisadores encontraram possíveis mãos, pés, tíbia, vértebras e costelas do animal.

O mais interessante dessa descoberta é que a escavação não foi feita com a intenção de encontrar vestígios do período cretáceo. Na realidade, as escavações foram feitas por uma empresa que havia ficado responsável por obras de ferrovia. A intenção era apenas a de construir uma ferrovia, mas os fósseis estavam no caminho.

Os trabalhadores acionaram a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, que enviou pesquisadores ao local. Dentre os pesquisadores, estava o paleontólogo e professor Elver Luiz Mayer. Em contato com a Folha, Mayer explicou que ainda é cedo para fazer algumas afirmações, no entanto já é possível construir algumas teses. Por exemplo, não foram encontrados ossos iguais, então a principal suspeita é de que os ossos pertençam a um único dinossauro – embora ainda não seja uma certeza. Ao mesmo tempo, chamou a atenção dos pesquisadores o fato de que os ossos estavam bem concentrados em uma única área.

Outra afirmação que ainda é cedo para ser feita, mas que é a principal suspeita dos pesquisadores, é a de que os ossos tenham pertencido a um titanossauro. Do grupo dos saurópodes, o titanossauro foi um dinossauro herbívoro, de pescoço bem alongado e corpo cumprido. Para se ter ideia, os especialistas acreditam que esse animal tenha surgido no planeta há cerca de 163 milhões de anos. Por cerca de 97 milhões de anos, eles viveram pela terra.

Essa não é a primeira vez que ossos do período cretáceo são encontrados em  território brasileiro. Uma das principais dificuldades para os pesquisadores brasileiros é o acesso a esses sítios paleontológicos. Como esse caso demostra, muitas vezes as descobertas são feitas quase “sem querer” e então os pesquisadores são acionados. A expectativa agora é a de que essas descobertas continuem sendo analisadas para que novas descobertas sejam feitas. A ossada foi recebida com empolgação pela comunidade científica e pode representar mais um dinossauro “brasileiro” no mundo, que esperançosamente será exposto em museus brasileiros.