Empreendedores de São Miguel dos Campos afetados pelas chuvas recebem auxílio nesta quinta, 11

COMPARTILHE
Por: Assessoria  Data: 10/08/2022 às 18:03
Fonte de Imagem: Reprodução

Realizado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Sedecti), o evento contará com empreendedores miguelenses afetados pelas chuvas, além de autoridades do município. 
 
Após as grandes chuvas que assolaram diversos comerciantes e empreendedores do município de São Miguel dos Campos, foi sancionado no dia 28 de junho, o Decreto 14.816 que regulamenta o Programa de Retomada do Crescimento Miguelense, que garante o auxílio emergencial às empresas miguelenses que foram atingidas pelas chuvas e encontram-se nas áreas de risco, conforme apontadas pela Defesa Civil.Como marco da entrega dos auxílios, será realizada na noite desta quinta-feira (11), na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Sedecti), a cerimônia que reunirá comerciantes que foram afetados pela calamidade e que foram devidamente cadastrados e beneficiados pela Lei Municipal nº 1.603/2022.

No total, serão beneficiados 174 miguelenses, nas seguintes categorias: Empreendedores Informais, sendo concedido o auxílio de R$ 1.212; Microempreendedores Individuais (MEI), com o valor de R$ 3 mil; Empresas de Pequeno Porte (EPP) e Microempresas, com o auxílio de R$ 5 mil.

O prefeito George Clemente disse que perante as ocorrências que afetaram o Estado de Alagoas e devido às chuvas demasiadas em São Miguel dos Campos, foi imprensidível o trabalho da Prefeitura em decretar um Programa de auxílio para diversos comerciantes.

“Nossa cidade sofreu por cinco enchentes consecutivas entre os meses de maio e julho, afetando em enormes proporções moradores e empreendedores. Vimos com nossos próprios olhos diversas famílias perderem pertences e suas casas, além de mortes. Quanto ao comércio, várias lojas foram drasticamente afetadas. Para tanto, estamos movendo inúmeros esforços para reerguer nossa amada São Miguel dos Campos”, afirmou George Clemente.

As chuvas afetaram no Nordeste mais de 1 milhão de pessoas nos últimos seis meses, segundo a CNM (Confederação Nacional dos Municípios), já em Alagoas, foram mais de 57 municípios afetados.

Reprodução