Eleitores com deficiência ainda podem solicitar seções com acessibilidade

COMPARTILHE
Por: Ascom TRE/AL  Data: 22/07/2022 às 09:33
Fonte de Imagem: Ilustração

Até o dia 18 de agosto, eleitores com deficiência física ou mobilidade reduzida podem solicitar a transferência para uma seção com maior acessibilidade. As seções especiais são espaços adaptados pela Justiça Eleitoral que oferecem fácil acesso e maior comodidade e segurança no momento do voto. A solicitação pode ser feita em qualquer cartório eleitoral pela própria pessoa interessada, munida de documento oficial com foto, ou por meio de curador, apoiador ou procurador.

Em Alagoas, 15.353 eleitores informaram possuir algum tipo de deficiência física, de acordo com dados estatísticos do eleitorado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Deles, 27,51% possuem deficiência de locomoção (4.685), 15,65% deficiência visual (2.666), 6,2% deficiência auditiva (1.056), 1,33% dificuldade para o exercício do voto (227) e 49,31% informaram outros tipos de deficiência.

Este ano, serão utilizados 1008 locais de votação em todo o Estado, com 6.732 seções eleitorais, sendo 312 delas com acessibilidade.

Mais acessibilidade
Com o objetivo de promover a inclusão social e facilitar a votação de pessoas com deficiência auditiva, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprimorou também os softwares já existentes e instalou novos recursos de acessibilidade nas urnas eletrônicas que serão utilizadas nas Eleições 2022. Os equipamentos contarão este ano com tradução para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Além disso, um vídeo feito por uma intérprete de Libras será apresentado em todas as 577.125 urnas eletrônicas preparadas para o pleito, indicando para eleitoras e eleitores qual cargo está em votação no momento, nesta sequência: deputado federal, deputado estadual ou distrital, senador, governador e presidente da República.

Para as pessoas com deficiência visual, além do uso do sistema Braille e da identificação mais evidente da tecla 5 no teclado da urna, também serão disponibilizados nas seções eleitorais fones de ouvido para que eleitoras e eleitores cegos ou com baixa visão recebam sinais sonoros com a indicação do número escolhido e o retorno do nome da candidata ou do candidato por meio do uso de voz sintetizada.