Dona de casa afirma que foi mantida refém por assaltantes mortos em troca de tiros com a polícia

COMPARTILHE !!
Por: Array / AlagoasWeb com Agências  Data: 14/11/2018 às 11:05
Imagem: Reprodução

Mulher de 58 anos disse que foi mantida refém, após sua residência ser invadida pelos bandidos

A dona da casa onde 11 homens acusados de assaltar bancos foram mortos durante uma troca de tiros na última quinta-feira, dia 08, na zona rural de Santana do Ipanema, no alto sertão de Alagoas, prestou depoimento à polícia hoje (14).

Reveja: Homens envolvidos em assaltos a bancos são mortos durante confronto no interior de Alagoas

A mulher de 58 anos estava acompanhada de um advogado. Ela disse que foi mantida refém, após sua residência ser invadida pelos bandidos.

Ao falar a um canal de TV, o advogado da vítima contou que ela foi surpreendida por três homens por volta das 4h da madrugada da quinta (8), “eles a mantiveram refém até a chegada dos demais”, os assaltantes, inclusive, se alimentaram na casa.

A dona de casa foi ameaçada de morte, caso procurasse a polícia para denunciar o crime, acrescentou o advogado. Durante a manhã, por volta das 10 horas, a mulher foi liberada e seguiu para a casa de uma filha, na mesma região.

A identidade da vítima é mantida em sigilo pela polícia.